sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Blogagem Coletiva: Esmalte + Itália

A blogagem coletiva de esmaltes, da Fernanda Reali, dessa semana está cadenciada no ritmo da tarantella, no sabor das pastas e no clima de romance. Tudo isso porque o tema é Esmaltes e Itália.

Eu estive na Itália já faz um bom tempo. Não era casada, nem tinha filhos. Conheci a região do Lago Maggiore que fica ao norte da Itália e se estende até a Suíça. Uma região meio mágica, entre as montanhas dos Alpes Italianos e Suíços, com cidades pequenas e vilas. Fiquei hospedada em Arona na casa de um casal amigo do meu pai.

 Imagem obtida no Google

Percorri várias cidades ao redor do lago seguindo da Itália até a Suíça. Eu me lembro bem da beleza e do encanto de toda a região. Mas a imagem mais deslumbrante que tenho em mente é a do Monte Rosa.

Imagem obtida no Google, no site tripadvisor

Das grandes cidades que fazem parte de um circuito tradicional de turismo eu conheci apenas Milão, da qual eu tenho ótimas recordações.

Bom, com isso a minha vontade de retornar à Itália é grande, pois ainda tenho muito a conhecer e quero ir com o marido e filhas.

Além do mais os filmes e livros nos instigam a conhecer melhor e explorar esse país cheio de história,  de natureza exuberante, de gente falante e gesticuladora, de um acervo artístico e cultural inigualável graças a gênios como Michelangelo, Leonardo da Vinci, Dante, Verdi, entre outros.

No meu caso eu poderia relacionar vários filmes ótimos que eu assisti e que me fizeram viajar pelos cenários pitorescos das cidades italianas. Mas vou buscar um mais recente e simplesmente apaixonante: "Para Roma com Amor".



Eu saí do cinema com vontade de ir direto para o aeroporto e pegar o primeiro voo para Roma.

Já o livro que me fez ter a vontade incontrolável, quase um desejo de grávida, de ir para a Itália foi: Comer, Rezar e Amar.



A Ana Luiza foi picada pelo bichinho quero-conhecer-a-Itália ao ver o filme "Cartas para Julieta". Ela adorou o filme e os cenários belíssimos.



Enquanto a vigem para a Itália não rola, a Ana Luiza vai traçando o roteiro dela no livro "Isto é Roma", da coleção Isto é, e vai passeando pelos marcos históricos e pelos pontos turísticos da cidade que um dia foi uma aldeia fundada por Rômulo ao sopé do monte Paladino.



A Sofia ainda não despertou para a Itália, mas já começou a ter algum interesse, a fazer algumas perguntas e coisa e tal. Quem primeiro chamou a atenção da Sofia para a Itália foi o filme Madagascar 3 na cena em que a trupe de fugitivos monta o circo dentro do Coliseu.

Imagem obtida no blog da Pulp Edições.

Os livros da série de viagens da Bruxa Onilda também fazem a Sofia viajar na imaginação. Com o volume "Bruxa Onilda vai a Veneza" ela se interessou por conhecer uma cidade lacustre. Ficou imaginando se o Rio fosse uma cidade com ruas de água como seria ir para a escola de gôndola-van.


Para essa Blogagem Coletiva eu escolhi o esmalte 933 - Emerald City, da linha Matte Suede, da Revlon. Um verde fosco lindíssimo. Fiz uma graça com o Hits Dourado, cor Gold-Per Forte da Hits, que eu usei na Blogagem Coletiva de Esmalte + Frase Marcantes.



Pequenas Felicidades: Post #28

Mais uma sexta-feira, mais um dia de reviver as alegrias da semana na Blogagem Coletiva Pequenas Felicidades junto com a Rita Corrêa, do blog Botõezinhos.








Essa semana foi especialmente boa. Além das felicidades já contadas nos posts no decorrer da semana: passeio para fotografar com a Ana Luiza, café da manhã no Jardim Botânico com a Sofia, customização de tênis e short e experimentar sabores no Rio Gastronomia, também vivi outros tantos momentos de alegria que me fizeram muito bem. Foram eles:

- Almoço com o marido no nosso restaurante preferido. Muito bom quebrar o ritmo do dia de trabalho e dar uma namoradinha.



- Ter sempre uma companhia aos meus pés.


- Ir ao cinema com o marido ver um filme ótimo, relaxante, divertido e com atuações belíssimas.


- Sair para fazer um programinha exclusivo de adultos, conversar com amigos, beber um vinho especial e comer um petisco gostoso.




- Ir passear com as filhotas. Caminhar na feira hippie, depois andar no calçadão e tomar uma água de coco curtindo uma bela vista da cidade vendo o sol se pôr.




- Sair com as amigas queridas Lucia, Núbia e Cris que me fazem tão bem.


quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Mães em Ação na prevenção de acidentes domésticos

Participei, junto com outras mães blogueiras do Rio, do evento Mães em Ação patrocinado pela Osmogel.


A ação aconteceu no Jardim Botânico, para ser mais específica, no Espaço de Plantas Medicinais. Um local lindo, tranquilo e que estava decorado de forma bem acolhedora.

Fomos recebidas com um delicioso café da manhã preparado com capricho e cuidado. 


Para que as mães pudessem usufruir do encontro sem preocupações foi disponibilizada uma área com atividades para as crianças. Além dos recreadores, quem também estava garantindo a alegria dos filhotes era o Foguinho. Nossa, como eu me arrependi por não ter levado a Sofia!

O Foguinho, mascote da campanha, é um bombeirinho muito fofo e simpático que tem um papel extremamente importante: conscientizar a criançada que os perigos de brincar com fogo vão muito além de fazer xixi na cama.

Enquanto a garotada se divertia, nós mães participamos de um bate-papo com o Dr Edimilson Migowski, que é doutor em Infectologia e mestre em Pediatria. Professor, chefe doS erviço de Infectologia Pediátrica da UFRJ e diretor do IPPMG.

Esse bate-papo descontraído, em forma de troca de experiências, foi extremamente interessante por tratar de um assunto que nós mães nos importamos demais que é o cuidado com os nossos filhos.

O assunto em foco foi a prevenção de acidentes, as maneiras de evitá-los e a importância de saber agir nos primeiros socorros.


No decorrer do bate-papo nos foi apresentado o Osmogel, um produto que atua no alívio do ardor das queimaduras, e a cartilha de prevenção de acidentes com crianças que eu já li e reli.





Segundo a cartilha: “Acidentes são a primeira causa de morte e importante causa de sequelas entre crianças bem cuidadas, amamentadas e corretamente vacinadas". Ou seja, crianças como as nossas.

Essa cartilha será distribuída nos consultórios pediátricos e pode ser baixada gratuitamente pela internet no site da Osmogel - www.osmogel.com.br/download.shtml. Vale a pena conferir o material.

Além dessa manhã agradável na companhia das amigas recebendo e trocando informações valiosas eu ainda ganhei esse kit para presentear uma leitora ou visitante do blog.



Para a mamãe:

- 1 sacola retornável com a logo da campanha;
- 1 blusa da ação;
- 1 cartilha de prevenção de acidentes com crianças.

Para o filho:

- 3 revistinhas com histórias do Foguinho conscientizando as crianças sobre os perigos das queimaduras na cozinha, na praia e nas festas juninas.
- 1 CD bem eclético (tem ritmos para todos os estilos: do rock ao forró, sem deixar de passar pelo rap) do Foguinho com músicas que ensinam tanto as crianças, quanto os adultos a como proceder em caso de acidentes domésticos.
- 1 máscara do Foguinho.
 Nada melhor do que leitura, cantoria e brincadeira para conscientizar com diversão.

PS: nos produtos infantis não fazem referência ao produto Osmogel. São apenas para informar, conscientizar e educar.

Bom, e quem quiser ganhar esse kit basta deixar um comentário nesse post. Para quem não tem blog aberto, é importante deixar um e-mail para contato.

Vou realizar o sorteio através do random.org no dia 06/09/2012.



quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Jardim Botânico - Café da manhã no La Bicyclette

Nesse final de semana, enquanto resolvíamos o que fazer para aproveitar os dias lindos que este inverno está nos proporcionando, a Sofia disse que tinha combinado de encontrar com uma amiga. Liguei para a mãe da amiguinha e o encontro seria no Jardim Botânico, lugar que nós adoramos de paixão, às 10h30 para tomar café da manhã.

Bom, eu já me arrepiei, pois o café da manhã no Jardim Botânico é maravilhoso, um programa tão agradável, quanto o café da manhã no Cafe du Lage, no Parque Lage



e na Confeitaria Colombo, no Forte de Copacabana.


E justamente por serem programas imperdíveis precisamos chegar cedo se não quisermos amargar algumas horas na fila.

Em vista do horário combinado eu já fui preparada para a fila. Quando chegamos lá eu me surpreendi positivamente, não tinha fila! Agora o Jardim Botânico conta com duas opções para um ótimo café da manhã em contato com a natureza: o aconchegante Café Botânico e o charmoso La Bicyclette que foi inaugurado em maio desse ano, e por isso, acho eu, não tinha fila em nenhuma das duas opções. Ambos estavam cheios, mas com mesa disponível. Optamos pelo La Bicyclette e ficamos muito satisfeitos com a escolha.



Um café da manhã com pães artesanais e atendimento atencioso em lugar de extremo bom gosto.


Depois de olharmos bem o cardápio,



pedimos um café da manhã La Bicyclette que além de ser bem completo (1 croissaint ou pain au chocolat, cesta de pães variados, manteiga, geleia artesanal, ricota, frutas da estação, uma bebida quente e suco) leva o nome do local.




Eu não resisti e pedi uma "granola parfait". Delícia de frutas frescas com iogurte natural e granola crocante.



Uma coisa que eu achei bem legal no La Bicyclette é que cada mesa tem a sua torradeira. Achei isso o must!



Crianças felizes foram passear e brincar no Jardim Botânico e a mamãe aqui, totalmente energizada, foi levar a Ana Luiza para fotografar a cidade.




terça-feira, 28 de agosto de 2012

Um Rio de sabores brasileiros

A programação do 2º Rio Gastronomia, que aconteceu na semana passada, contou com cinco quiosques espalhados pela cidade. Esse programa se chamou "Pelas ruas do Brasil".




Nesses quiosques foram servidos pratos típicos das Regiões do Brasil. Ou seja, cinco pratos, um para cada região do país.



No dia 24/08 eu resolvi levar a Sofia para um almoço totalmente inusitado tanto para mim, quanto para ela. Completamente fora da rotina:

- o local: na praça;
- o horário: dia de semana; (raramente as crianças, aqui em casa, almoçam fora nos dias de semana durante o período escolar)
- o sabor: nem sabíamos o que era pequi.

Eu não esperava que a Sofia fosse gostar do prato. Aliás, a minha expectativa era de que ela nem fosse querer experimentar. E me enganei completamente.

Primeiro a Sofia ficou superfeliz por me ver. Só aquela imagem dela correndo, sorrindo, com os braços abertos para me abraçar já teria valido a pena, mesmo que a minha filhota não comesse nadica de nada.

Mas ela se interessou pelo prato típico da Região Centro-Oeste, quis saber o que era pequi e o chef nos explicou com a maior paciência.


Mais um pouquinho de conversa e a Sofia conseguiria a receita com o segredo do chef e tudo o mais.



Bom, ela pegou o pratinho, olhou bem para o pequi (essa frutinha amarela), deu a primeira garfada e não parou mais. Comeu tudo! Adorou! Entre uma garfada e outra ela me perguntava sobre a Região Centro-Oeste. Onde fica, quais são os estados, o que tem de legal por lá e já aumentou a lista de lugares que quer conhecer.


A experiência foi tão boa que repetimos no dia do Arroz de Carreteiro.



Eu espero que no próximo Rio Gastronomia essa programação pelas ruas não só se repita como seja mais intensificada.

segunda-feira, 27 de agosto de 2012

Shorts and tennis by herself




Com a adolescência veio o interesse por moda. Sempre que eu chego em casa a Ana Luiza vem me mostrar alguma novidade que está na moda, algum lançamento e claro, ela sempre quer, né?

O desejo de consumo dessa semana foi um short que ela viu no site da Urban Outfitters, uma loja do momento em NY.

Como comprar o tal short estava totalmente fora de cogitação eu sugeri que ela fizesse um igual.

- Como eu vou fazer o short, mãe?

Muito simples, aproveitando algum short branco que já está para ser aposentado. E foi isso o que fizemos.

O que utilizamos:

- 1 short de brim branco;
- 1 potinho de tinta na cor azul-rei para tecido;
- 1 potinho de tinta na cor vermelha para tecido;
- 1 potinho de tinta na cor branca para tecido;
- fita crepe;
- pincel;
- 2 fundos de caixa de papelão;
- 1 folha de etiqueta.

Como fizemos:

Começamos pelas listras vermelhas. Para isso forramos com a fita crepe todo o contorno das listras: barra, listras brancas, o limite da área azul e o limite para a parte traseira. Forramos também os botões.


Colocamos as cartolinas dentro do short para isolar a frente, que seria pintada, da parte traseira. O objetivo era não correr o risco da tinta vazar e manchar a traseira do short.

Após secar retiramos as fitas crepe que faziam a marcação da área vermelha


e fizemos os retoques necessários.


Em seguida, colamos a marcação da área azul e as estrelas que foram feitas no Powerpoint e impressas na folha de etiquetas autocolantes.


Aí foi só pintar com a tinta azul, esperar secar, retirar as fitas crepe e fazer os retoques com tinta branca.



Já que estávamos com a mão na massa, no ritmo da pintura e reciclagem, resolvi tentar dar um jeitinho no tênis que estava fora de uso. Usei como dica essa tênis artsy que vi no blog Modices.com. Não vou explicar o processo aqui porque lá no Modices tem um PAP perfeito.





Bom, a Sofia não podia ficar de fora e quis customizar o próprio tênis. Ela quis fazer o próprio estilo sem seguir padrões.


Os tênis customizados já foram estreados em passeio pela feira hippie, um lugar bem adequado.






Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
▲ Topo