segunda-feira, 14 de junho de 2021

Filme A Boa Esposa - Comédia Francesa

Comédia francesa com a belíssima Juliette Binoche interpretando fortemente o seu papel e com hino feminista com toque de musical no final, tem todos os ingredientes para eu achar um ótimo filme. E assim é "A Boa Esposa", que foi exibido no Festival Varilux de Cinema, em dezembro de 2020, e chega aos cinemas brasileiro em 17 de junho com distribuição da California Filmes.


Comédia Francesa A Boa Esposa


A história se passa na interessante década de 1960, mais precisamente no início de 1968 quando ocorria a série de manifestações pelo mundo e especialmente na França, que culminou no conhecido "Maio de 68". Rebeldia, resistência e revolução eram as palavras que estavam marcando essa década. 

Em paralelo a isso e na contra maré de todo esse movimento a ambiciosa Paulette van de Beck (Juliette Binoche) dirige uma escola para futuras donas de casa em algum lugar da Alsácia com seu marido que não ajuda tanto, é claro, Robert.  Paulette conta mesmo é com sua cunhada que parece uma adolescente tardia, Gilberte (Moreau), e com a rígida freira rainha do drama Marie-Thérèse (Lvovsky).

Juntas elas se empenham em fazer cumprir o currículo da arte de ser uma boa esposa. Currículo este que é composto por cozinhar, limpar, costurar, aceitar resignadamente o sexo conjugal, e até servir chá em momentos especiais. Tudo isso (ou nada disso) para alunas adolescentes nem um pouco interessadas no ofício. 

Nem é preciso dizer que a Escola de Administração Doméstica e Boas Maneiras de Van der Beck já não recebe mais tantas alunas quanto antes. Mas Paulette só descobre a real crise financeira que está passando quando seu marido parte dessa para uma melhor. Como uma boa esposa ela sempre ficou fora do controle das finanças, papel exercido pelo marido, que se afundou em dívidas.

É aí que Paulette troca a saia comportada por uma par de calças que ressalta sua bunda e as três mulheres se reúnem na direção da escola para assim manterem tudo funcionando.

Ao ir ao banco tentar uma recuperação financeira Paulette é surpreendida pelo belo gerente (Edouard Baer), que por acaso é seu amor do passado.

A partir daí as reviravoltas acontecem.

O elenco está sensacional, a história é interessante e a abordagem é divertida. Uma comédia com um gotas de drama e pitadas de romance. Valeu muito a pena ter assistido "A Boa Esposa". 

Sinopse: "Paulette Van Der Beck (Juliette Binoche) e seu marido dirigem a escola de limpeza de Bitche na Alsácia há muitos anos. Sua missão é treinar adolescentes para se tornarem donas de casa perfeitas no momento em que se espera que as mulheres sejam subservientes ao marido. Após a morte repentina de seu marido, Paulette descobre que a escola está à beira da falência e tem que assumir suas responsabilidades. Mas enquanto os preparativos estão em andamento para o melhor programa de TV da competição doméstica, ela e suas animadas alunas começam a questionar suas crenças enquanto os protestos de maio de 1968 em todo o país transformam a sociedade ao seu redor.".


Você pode me encontrar também
A Autora:
Chris Ferreira

Chris Ferreira

Eu, uma mãe integral mesmo trabalhando em horário comercial, que procura equilibrar os diferentes papéis da mulher com prioridades e alegria.

Acredito que podemos levar a vida a sério, mas de forma divertida e é isto que eu tento mostrar no blog.

Google +

11 comentários:

  1. Imagino ser um filme/comédia muito interessante de ver.
    .
    Uma 2ª feira feliz
    .
    Pensamentos e Devaneios Poéticos
    .

    ResponderExcluir
  2. Olá Cris, como fãzoca número 1 de filmes franceses, já estou aqui me roendo para ver se descubro como assistir a esse filme. Obrigada pela partilha. Boa semana, Val.

    ResponderExcluir
  3. Nunca vi, mas parece-me que ia gostar bastante :)

    ResponderExcluir
  4. Nunca vi, mas gosto de comédia!:)
    *
    Neste mundo aonde me permito vaguear
    *
    Beijos e uma excelente semana.

    ResponderExcluir
  5. Ainda não assisti esse filme, mas fiquei curiosa para conhecer depois do seu post! <3

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  6. Olá Chris,
    Adoro a Juliete Binoche, vou querer ver esse filme.

    Big Beijos,
    Lulu on the sky

    ResponderExcluir
  7. Nos últimos anos o cinema francês tem vindo a tornar-se muito popular, depois de décadas mais desaparecido.
    Beijinhos
    Coisas de Feltro

    ResponderExcluir
  8. Oi Chris,
    Amei a premissa do filme, com certeza ele traz boas reflexões, quando possível vou assisti-lo.
    Ahh te indiquei para uma tag:
    http://www.apenasleiteepimenta.com.br/2021/06/tag-4x4.html

    Beijo,Blog Apenas Leite e Pimenta ♥

    ResponderExcluir
  9. Um filme que eu adoraria ver, e que ainda não conhecia! Fantástica sugestão, Chris!
    Beijinhos
    Ana

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Pin It button on image hover
▲ Topo