terça-feira, 9 de fevereiro de 2021

Filme "Minha Irmã" - drama representante da Suíça para concorrer ao Oscar 2021


Assisti pela cabine de imprensa virtual ao filme "Minha Irmã", o drama representante da Suíça para concorrer ao Oscar 2021.




"Minha Irmã" conta a história de Lisa (Nina Hoss) uma dramaturga com grande potencial que deixou Berlim, suas próprias ambições profissionais, sua mãe e o irmão gêmeo Sven (Lars Eidinger). Lisa mudou para a Suíça com o marido e os dois filhos. Essa seria uma escolha temporária para acompanhar o marido que teve uma ótima oportunidade de emprego.

Sven (Lars Eidinger), irmão gêmeo de Lisa, que nasceu apenas quatro minutos antes, sempre dividiu a vida e a paixão pela arte com a irmã. A afinidade e cumplicidade entre os dois é muito forte. Sven, ator consagrado no teatro de Berlim, foi diagnosticado com uma leucemia grave. 

A notícia da doença abala as estruturas dos dois. Lisa como irmã gêmea é a grande esperança de salvação de Sven. Mas parece que a afinidade emocional dos dois não reflete na mesma afinidade e DNAs. O transplante não dá tão certo quanto o esperado e Sven passa pelas consequências e reflexos do tratamento invasivo e doloroso. 

Nesse momento Lisa retornou à Berlim para a cirurgia do irmão e precisa retomar sua vida e família na Suíça. Porém a mãe não tem estrutura psicológica nem emocional para cuidar de Sven. As cenas da mãe recepcionando o filho após o retorno do hospital nos faz pensar como uma mãe pode agir assim. Mas a doença, ver quem a gente ama definhando, se sentir incapaz pode aflorar emoções contraditórias. 

Lisa, irmã dedicada e amorosa, resolve então levar Sven com ela para a Suíça. Nesse contexto de ter que buscar forças para lidar com a doença do irmão que ela tanto amo, a iminência da perda, faz Lisa rever seus valores, avaliar toda sua situação familiar e profissional. 

Um drama intenso, que faz o telespectador sentir aquela relação, a força de uma união que vem desde o útero e a dor de não saber viver sem aquela parte. 

Apesar da intensidade da história, o filme não é totalmente tenso. Tem um equilíbrio entre cenas fortes e momentos de calmaria. Enfim, um filme sensível que fala de família, de amor, de perda, de escolhas., e com interpretações arrasadoras. 

"Minha Irmã" (My Little Sister | Schwesterlein) estreou nos cinemas em 28 de janeiro e chegará nas plataformas digitais em 11 de fevereiro. 

Sinopse: Lisa desistiu de suas ambições como dramaturga em Berlim e se mudou para a Suíça com os filhos e o marido, que dirige uma escola internacional lá. Quando seu irmão gêmeo Sven, um ator que é estrela do teatro em Berlim, adoece com leucemia, Lisa retorna à capital alemã. DESTAQUE NA PROGRAMAÇÃO DA 44ª MOSTRA INTERNACIONAL DE CINEMA DE SÃO PAULO




Você pode me encontrar também
A Autora:
Chris Ferreira

Chris Ferreira

Eu, uma mãe integral mesmo trabalhando em horário comercial, que procura equilibrar os diferentes papéis da mulher com prioridades e alegria.

Acredito que podemos levar a vida a sério, mas de forma divertida e é isto que eu tento mostrar no blog.

Google +

25 comentários:

  1. Imagino, pelo titulo, um excelente livro!:)
    -
    Alma desassossegada...
    -
    Beijo, e um excelente noite

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OI Cidália, poderia sim ser um ótimo livro. Mas não sei se o filme foi baseado em algum livro, não.
      beijos
      Chris

      Excluir
  2. Respostas
    1. Oi Pedrita, o filme está muito bem cotado. Vale a pena
      beijos
      Chris

      Excluir
  3. Parece ser um bom filme, que chegue logo em alguma plataforma para poder assisti-lo, gosto de filmes assim

    Beijos
    www.pimentadeacucar.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OI Juliana, eu também tenho esperado os filmes chegarem nas plataformas digitais. Não fui a cinema nessa pandemia e acredito que só irei após a vacinação.
      beijos
      Chris

      Excluir
  4. Acho que vou gostar. O cinema do norte da europa é muito interessante, andou foi muito tempo esquecido.
    Beijos
    Coisas de Feltro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho gostado de assistir produções do norte da europa. as plataformas de streaming estão os dando essa oportunidade de conhecer melhor esse cinema que ficou esquecido.
      beijos
      Chris

      Excluir
  5. Adorei a dica, é o tipo de filme que gosto de assistir para "pensar a vida", ver que existem dramas alem da realidade que nos cerca, me faz aproveitar melhor o momento presente
    Muita Luz e Paz
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Adelaide, é triste ver os dramas dos outros, mas por outro lado nos faz valorizar os nossos. Se são dramas mais simples nos sentimos agraciados, se são dramas tão complexos quanto sentimos que não somos os únicos.
      beijos
      Chris

      Excluir
  6. Confesso que não sou fã de filmes assim, densos e dramáticos. Mas gostei de todas as reflexões que o filme traz, ele parece ser bem artístico, e isso prova por que ele está sendo candidato ao Oscar.
    Beijo, Blog Apenas Leite e Pimenta ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Leslie, nesse momento eu tenho procurado filmes mais leves e descontraídos. Mas esse eu abri uma exceção por estar concorrendo a vários prêmios e tal.
      E por ser um filme suíço. Gosto de ver filmes de nacionalidades diferentes.
      beijos
      Chris

      Excluir
  7. Parece muito interessante, a julgar pelo resumo que nos fez.
    Bjn
    Márcia

    ResponderExcluir
  8. Ainda não conhecia, fiquei curiosa :)

    ResponderExcluir
  9. Respostas
    1. Os filmes do norte da europa não são mesmo muito divulgados.
      beijos
      Chris

      Excluir
  10. Não conhecia, mas não curto dramas, então eu não fiquei com vontade de assistir.

    Beijos/Kisses.



    Anete Oliveira

    Blog Coisitas e Coisinhas

    Fanpage

    Instagram

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Anete, eu tenho evitado dramas nessa fase, mas esse está muito bem cotado, concorrendo a vários prêmio e é Suíço. Não me lembro de ter visto produções suíças e fiquei bem curiosa. No final o saldo foi positivo. Foi bom ter visto.]
      beijos
      Chris

      Excluir
  11. Olá,
    Tento passar longe de produções com essa temática, mas drama sempre acaba me envolvendo.
    E não lembro se já assisti algo da Suíça, sou mais fanática pelos filmes suecos e dinamarqueses haha

    até mais,
    Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OI Nana,
      eu também acho que não tinha assistido nada da Suíça ainda. Pelo menos não me lembro.
      beijos
      Chris

      Excluir
  12. Não conhecia, mas parece interessante! :) Beijinhos
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Inês é bem interessante sim. o filme está bem cotado e concorrendo a vários prêmios.
      beijos
      Chris

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Pin It button on image hover
▲ Topo