terça-feira, 29 de julho de 2014

Exposição A Potência do Objeto - Olhando para baixo - BC Fotos #22

Eu já ouvi muito a frase de que devemos olhar sempre pra frente. Tá certo que aqui se faz a referência ao futuro. Mas eu cada vez me convenço mais de que devemos olhar em todos os sentidos, buscar sempre novos pontos de vistas, ampliar nossos horizontes.

E procurando um novo lugar para conhecer eu fui ao Centro de Referência do Artesanato Brasileiro, um endereço até então desconhecido para mim,  ver a exposição "A Potência do Objeto" que reunia peças de artistas populares e artesãos de várias regiões do país.

Leões de Tucunharém, PE - "Figuras totêmicas, assírias, enigmáticas, assim são os leões do Mestre Nuca".

Assim que entrei nesta primeira instalação eu me surpreendi com a beleza das peças e com a montagem da exposição.

Leões de Tucunharém

Admirei as obras, busquei detalhes e percebi que estava presa ao olhar para frente.

Leões de Tucunharém - Exposição A Potência do Objeto

Então, eu me lembrei do tema proposto pela Dani Moreno para BC de Fotos da semana: olhando para baixo. E assim eu pude desfrutar da exposição com mais um ponto de vista. Olhei as obras de cima para baixo também. E olha que em certas situações eu até viajei, não é que eu vi a sombra do Batman formada por um dos leões?

Leões de Tucunharém - Exposição A Potência do Objeto

Bordados - AL, SE, RN, MG, ES, RJ e SC - "As bordadeiras são mulheres que contam memórias com as linhas".

Nessa área, olhando para baixo, eu reavive na minha memória a imagem da minha avó olhando para baixo, para as agulhas de tricô e croché, contando pra mim as suas histórias.


Bonecas da Zezinha - Turmalina, MG - "Mulheres idealizadas em suas perfeições estáticas, impecáveis, manisfestando o desejo da pureza, integridade e elegância popular."

Ao olhar para frente eu pude me surpreender com o conjunto das bonecas enfileiradas.

Bonecas da Zezinha - A Potência do Objeto

Mas ao olhar para baixo eu revi o meu olhar apaixonado e realizado ao amamentar as minhas filhas.

Exposição A Potência do Objeto

Pude sentir a mão tremer ao segurar o buquê de flores.

Exposição A Potência do Objeto

Flores do Cerrado - Samambaia, DF - "Pelas mãos dos artesãos, folhas se transformam em flores, tão delicadas que parecem rendas".

Flores do Cerrado

A criatividade fez brotar um jardim do clima seco e áspero. As flores feitas com folha-moeda olham para cima e embelezam o nosso olhar para baixo.

Centro de Referência do Artesanato Brasileiro

Luminárias de Ladrilã - Pedras Altas, RS - "O encontro da lã com a luz cria uma atmosfera acolhedora".

Essas luminárias surpreendem pelo formato, texturas, pelas cores formadas em conjunto com a iluminação e pelas sombras que produzem.

Centro de Referência do Artesanato Brasileiro

Ao olhar para baixo vi a minha sombra que olhava para cima buscando uma outra visão para fotografar.


Varinhas da Conquista - Soure, PA - "Dê de presente a alguém que você ama essa varinha e conquistará para sempre o seu coração".

O meu coração elas já conquistaram. E olhando além, através delas, podemos enxergar mais longe, podemos olhar para baixo e ver o jardim de flores do cerrado. Podemos reconhecer a riqueza e a diversidade do artesanato brasileiro com objetos que representam a alma e a formação cultural da nossa gente.

Varinhas da Conquista

"A arte existe para que a realidade não nos destrua" - Nietzsche. Esse momento de contemplação da arte brasileira me fez retornar a realidade com mais leveza, alegria e assunto para levar para a família. Buscar um outro olhar me possibilitou aproveitar mais a exposição. Olhei para baixo e enxerguei poesia.

Este post faz parte da BC de Fotos proposta pela Dani Moreno que para esta semana trouxe o tema Olhando para baixo. Venham ver AQUI o que os outros participantes viram ao olhar para baixo.
 


segunda-feira, 28 de julho de 2014

Salada Rápida

Sempre tem aqueles dias de correria que a gente acorda atrasada, ou tem um compromisso muito cedo ou está com preguiça mesmo, né? E mesmo assim quer dar aquela caprichada na salada, mas tem que ser coisa rápida. Hoje pela manhã foi um dia desses. Apesar do frio, da vontade de ficar na cama, das 1001 coisas pra fazer antes de ir trabalhar eu quis deixar a salada do almoço pronta. E olha que saiu bem rapidinho.


Para esses dias de pressa eu sempre tenho na geladeira uma embalagem de itens de salada já coratados e foi isso que eu utilizei pra tal salada sair bonita, colorida, saborosa e bem rapidinho. 

O que utilizamos:

- 1 punhado de repolho cortado em tirinhas bem finas;
- 1 punhado de cenoura crua ralada em tiras bem finas;
- 1 punhado de beterraba crua ralada em tiras bem finas; 
- 1 maçã descascada e ralada em tirinhas;
- 4 folhas de alface americana;
- 1 porção de uvas passas;
- 1 punhado de castanhas-de-caju;
- 1 colher de sopa de chia;




Como fizemos:

Lavamos bem os legumes e misturamos até ficar bem colorido. Se tivesse repolho roxo iria ficar mais bonito.


Ralamos a maçã lembrando de pingar algumas gotinhas de limão para não escurecer.


Misturamos a maçã ralada e acrescentamos as passas


Fizemos porções individuais dentro de cada folha de alface americana, salpicamos as castanhas de caju e a chia.


Aqui em casa não é todo mundo que gosta de molho na salada. As meninas, por exemplo, comem a salada sem molho. Por isso eu sempre sirvo separado.

Para o molho eu aproveitei um molho de maçã que tinha sobrado de outra salada e misturei com iogurte grego light. Ficou maravilhoso!


Usei a receita básica de molho de fruta:

- 1 maçã;
- 10 folhas de hortelã bem lavadas;
- 1 colher de sopa de azeite;
- sal e pimenta a gosto.

Bete tudo no liquidificador. Já fizemos essse molho com: manga, morango, tangerina e abacaxi.

sábado, 26 de julho de 2014

BC A Semana - Post #24


A semana foi movimentada com consultas a médicos, exames, provas de filhas, muito trabalho e afazeres em casa. E pra dar uma equilibrada nos ânimos, pra mim, é fundamental colocar um pouco de lazer nos meu dias.

- Fui ao cinema com a Sofia ver "Aviões 2" e gostamos bastante. Através da aventura o filme fala de superação, da importância de acreditar nos sonhos e que a adversidade pode ser uma grande oportunidade para nos reinventarmos e fazermos mais por nós e.pelos outros. Tatá Werneck dubla a personagem Dipper e arrasa.


- Levei a Sofia e uma amiga para ver "Como treinar seu Dragão 2". Já tínhamos visto o primeiro e gostado muito. Na época a Sofia até quis ter um Banguela só dela. Na opinião dela, o segundo filme conseguiu ser ainda melhor do que o primeiro.


E para o passeio ficar completo nós demos uma passadinha na livraria e depois fomos fazer um lanche.



- Fui com a minha amiga Simone e a filharada ver a Mônica Parade, complementamos com um passeio pelo calçadão de Ipanema e estendemos o programa com um lanche.

- Aproveitei a hora do almoço para colocar um pouco de férias na minha rotina e fui ao Centro de Referência do Artesanato Brasileiro ver a exposição "A Potência do Objeto". Fiquei muito surpresa com as obras, a forma como foram expostas e o espaço. Vou contar melhor em um post durante esta semana.


- Comemorei o aniversário da amiga Lily com muita conversa, risos e troca de boas energias.


- Fui com a minha amiga Márcia ver o filme "O Grande Hotel Budapeste". Um filme divertido, envolvente e o fato de ter uma história dentro da outra me prendeu bastante a atenção. O personagem principal  M. Gustave foi inspirado no escritor austríaco Stefan Zweig. No final do filme o personagem Zero Moustafa cita rapidamente que M. Gustave foi morar na América do Sul. Sim, isso é verdade, e para ser mais preciso Stefan Zweig veio morar no Brasil, em Petrópolis e é o responsável pela frase "Brasil, o país do futuro. Agora eu estou doida para ir à Petrópolis visitar a Casa de Stefan Zweig


- Acabei de ler o livro "Felicidade Roubada" de Augusto Cury. Na verdade eu achei o livro meio chato, apesar de ser um romance ele se prende muito a conceitos da psiquiatria. De qualquer forma traz muita mensagem positiva e reflexões que podem nos ajudar no dia a dia.



Fica aqui um trecho do livro: "Use estratégias para se encantar com a vida, sonhar, desenvolver projetos de vida! Decida abrir o circuito da memória e andar por caminhos nunca antes percorridos. Decida não vender sua tranquilidade nem sofrer por antecipação!".

Uma das estratégias que eu utilizo para me encantar com a vida é colocar espaços, como estes mostrados na BC A Semana, para estar com amigos, para sair da rotina, conhecer um lugar novo, fazer o mesmo caminho com um olhar diferente, etc.

Este post faz parte da Blogagem Coletiva "A Semana" proposta pela Fernanda Reali. Passe lá para ver como foi a semana das outras amigas participantes. Essa blogagem é um estímulo a aproveitarmos mais as nossas semanas. 

sexta-feira, 25 de julho de 2014

Mônica Parade - Parque Garota de Ipanema


Quando eu vi os amigos paulistas mostrando suas fotos ao lados das esculturas gigantes da Mônica eu confesso que fiquei com uma invejinha danada. Eu fiquei torcendo para a o "Mônica Parade", evento em homenagem aos 50 aninhos da conservadíssima Mônica que instalou 50 estátuas de 1,85 cm de altura da dentuça mais amada doBrasil nas ruas de São Paulo, viesse para o Rio.
E não é que elas vieram? Tá certo que nem todas as peças personalizadas por artistas plásticos escolhidos a dedo pelo próprio Mauricio de Sousa pousaram em solo carioca. Das 50 estátuas, apenas 20 estão expostas no Parque Garota de Ipanema, no Arpoador. Se não vieram todas pra cá, pelo menos facilitaram a nossa vida e colocaram todas em um única lugar evitando aquela caça louca às esculturas como foi na Cow Parade.
E claro que já no primeiro final de semana nós fomos conferir e fotografar todas as esculturas expostas.

As Mônicas estão lindas, divertidas e vale prestar atenção aos detalhes das customizações.

Mônica Bumbá - Artista: Titina Corso
Mônica Parade no Rio de Janeiro


Dentuça de galocha - Artista: Bruno Honda Leite
Mônica Parade no Rio de Janeiro


Mônica Embaixadora - Artista: Mauricio de Sousa
Mônica Parade no Rio de Janeiro



Limoeiro - Artista: Mauro Souza
Mônica Parade no Rio de Janeiro



Quem é dentuça aqui? - Artista: Luciana Assumpção
Mônica Parade no Rio de Janeiro


Mônica em quadrinhos - Artista: Bira Dantas
Mônica Parade no Rio de Janeiro

A minha preferido foi a Mônica em quadrinhos que traz imagens de quadrinhos "das antigas". Gente, eu fiquei aqui viajando no tempo e quando me deparei com a Rê Bordosa, ri muito me lembrando das histórias.

Mônica Parade no Rio de Janeiro

E eu tenho um carinho todo especial pelo Sansão que merece destaque.

Mônica Parade no Rio de Janeiro

Além de ver as esculturas, vale também o passeio pelo Parque Garota de Ipanema que tem uma área verde bem legal com parquinho para crianças, aparelhos de ginástica para a terceira idade, pista para caminhada, um mirante com uma vista sensacional para a Praia de Ipanema, pistas de patinação e sempre rola uma atividade cultural nos finais de semana.

Depois demos uma esticadinha no calçadão para beber uma água de coco e curtir o visual do fim de tarde.





A exposição começou no dia 16 de julho e vai até 15 de agosto.
Quem quiser ver todas as Mônicas que participam da Mônica Parade pode entrar neste link AQUI.
Quem quiser relembrar a Cow Parade (foram duas edições no Rio) pode conferir neste post AQUI.


quarta-feira, 23 de julho de 2014

Visita à fábrica das Pastilhas Valda


Ainda aproveitando o finalzinho das minhas férias eu tive a oportunidade de conhecer de perto (e me surpreender muito positivamente) a fábrica da famosa e tradicional Pastilhas Valda. 

Assim que a gente passa pelo portão da fábrica se depara com esse lago lindo. E sabe qual é a sensação? De puro frescor.


Fomos muito bem recebidas. Eu,  a Loreta,do Bagagem de mãe, e a Mariana, do blog Mundo Ovo, outras duas blogueiras convidadas muito queridas, além de três mamães que foram sorteadas. Entre as sorteadas estava a Melissa, do blog Pérolas da Bia.


Tivemos um bate-papo bem legal onde ficamos sabendo mais sobre a empresa, a preocupação da mesma com:
- a questão ambiental - por exemplo: o lago que enfeita belamente o parque da Valda foi construído para que os pássaros que estavam abandonando a região, devido à poluição possam ter um espaço para chamar de seu. E não é que alguns já fazem de lá o seu pouso? Eu mesma pude ver garças e patos selvagens muito lindos. E ainda mais, a água utilizada no lago vem do tratamento de esgoto produzido na fábrica. E este tratamento é feito pela própria Valda. Legal, né?






- a qualidade de vida dos funcionários - como, por exemplo: a Valda tem toda uma preocupação com a questão da alimentação que reflete na comida servida no bandejão da fábrica.

- incentivo à cultura: - A Valda promove e "banca" o Web Fest Valda, um festival de música independente,  que incentiva novas bandas de todo o país a mostrarem o seu talento e abrirem espaço no show business.



Nesta conversa também ficamos conhecendo mais sobre a variedade de produtos Valda que vão muito além dos chicletes e balinhas com aquela capinha de açúcar. Eu gostei especialmente da  Valda Fibras, que além de ser bem saborosa e gostosa de morder, não tem açúcar e ainda tem fibras solúveis

Conversamos com a diretora de qualidade.


Que nos explicou um pouco de como os produtos são produzidos. E nos preparamos para conhecer a linha de produção.


O cheirinho de eucalipto na área de fabricação é uma delícia. Dá aquela sensação de abrir os pulmões, de respiração fácil sabe? Muito bom! Eu fiquei tão entretida com o processo de fabricação que acabei não tirando fotos, mas a Raquel Mineli, que foi no primeiro evento, fez umas fotos bem legais que podem ser vistas neste post AQUI.

Conversamos com o presidente que é supersimpático.


Ainda pude me encantar mais um pouco com a vista para o lago.


E com o visual do jardim interno. A foto abaixo não é um quadro, não. É a vista da janela.


Se me pedissem para resumir esse dia de visita à fábrica da Valda em uma única palavra, eu diria: refrescante!

Deixo aqui os links dos posts das blogueiras que estiveram no "Primeiro Encontro de Blogueiras Valda":

É do Babado - Um dia na fábrica da Valda;
Rakamineli Blog - Visita na Fábrica da Valda;
Petê Camargo - Dia de visita na fábrica das Pastilhas Valda.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
▲ Topo