quinta-feira, 2 de julho de 2015

Um desvio no meu caminho

É bem repetitivo dizer que a vida é corrida, que temos mil e uma atividades, que vivemos apressados. E nessa pressa, nessa correria, muitas vezes nos esquecemos de olhar para o lado e deixamos passar despercebidas algumas coisas interessantes, pequenos detalhes que podem nos alegrar e trazer algo diferente para colorir o nosso dia com alguma novidade.

Por isso, para poder ficar um pouco mais atenta a esses detalhes, essas sutilezas, eu procuro me planejar e me organizar de forma que possa fazer alguns caminhos com o tempo, sem pressa, conversando com quem está ao meu lado, ou até com folga para tomar um café se bater a vontade.

E foi assim que eu esbarrei na exposição com intervenções urbanas que está no Centro de Arquitetura e Urbanismo, pude me desviar do meu caminho e apreciar essas peças divertidas, criativas e coloridas.

O Centro de Urbanismo e Arquitetura fica na Rua São Clemente em Botafogo, uma rua movimentada em que as pessoas passam apressadas. Como eu estava caminhando com calma, com uma folga de pelo menos 20 minutos para chegar ao meu destino, pude olhar para os lados buscando algum detalhe não percebido até então. 

E foi aí que vi esse balanço colorido feito com o reaproveitamento de um orelhão velho.

Intervenções Urbanas

Parei, olhei mais um pouco e dei de cara com essa Kombi transformada em banco.

Intervenções Urbanas

Não resisti. Empurrei o portão de ferro que está sempre encostado e entrei. Me sentei no banco, bem ali entre os olhos, como se fosse o nariz, e observei as pessoas que passavam apressadas, olhando para baixo, concentradas no próprio estresse.

Intervenções Urbanas

Como eu ainda tinha algum tempo, entrei no prédio que restou do antigo Colégio Jacobina. As três fachadas foram tombadas e lá abriga um espaço dedicado a exposições e debates da arquitetura.

Me deparei com essa cadeira feita a partir de um carrinho de supermercado. Amei! Muita criatividade, né? A partir de agora irei olhar os carrinhos com outro ponto de vista.

Intervenções Urbanas

Outro orelhão serviu como poltrona para essa sala com mesa feita com rodas de cadeirante.

Intervenções Urbanas

Já uma antiga banheira de ferro se transformou nesse sofá modernoso e colorido.

Intervenções Urbanas

A placa de trânsito já não é mais a mesma. Ganhou um toque todo especial.

Intervenções Urbanas

Foi um ótimo desvio na minha rotina corrida. Relaxei, me diverti e me surpreendi olhando essas e outras peças que estão expostas no local. E voltarei lá para mostrar para as filhas.

Intervenções Urbanas

quarta-feira, 1 de julho de 2015

Um MAR de exposições


O Museu de Arte do Rio, mais conhecido como MAR, é um ótimo passeio para se fazer aqui no Rio com ou sem crianças. 

Sempre tem ótimas exposições, o visual do terraço é lindo e vai ficar mais bonito ainda quando as obras estiverem prontas. E comparando com a primeira vez que estivemos no MAR dá para ver como já evoluiu (comparem com as fotos deste post AQUI). 


O restaurante que se localiza no terraço é muito bom (melhor para adultos).
Atualmente, desde o aniversário de primeiro ano do MAR, temos o painel feito pelo artista plástico Alexandre Farto aka Vhils e sua equipe em homenagem ao ativista negro Abdias Nascimento que dedicou a sua vida e produção artística à luta contra o racismo.


Chegando mais perto, observando os detalhes.


Vemos que a obra foi feita com papéis e outros materiais de descarte.


Um passeio no MAR pode ser cheio de surpresas. Neste dia estava acontecendo uma ação para os visitantes se caracterizarem usando turbantes no estilo africano.


Descendo para o pavilhão de exposições chegamos à exposição "Tarsila e Mulheres Modernas do Rio" que estará em cartaz até setembro. Sensacional!



"É a primeira vez que Tarsila é contextualizada para além do campo das artes, abordando também o período pelo qual o Brasil e o Rio passavam, de lutas pelos diretos das mulheres que assumiam seu papel na sociedade, seus corpos e desejos. Nesse contexto, a vida e a obra da artista, representada com 25 pinturas e dez desenhos, serve como ponto de partida para a mostra da qual também fazem parte outros grandes nomes como Djanira, Maria Martins, Maria Helena Vieira da Silva, Anita Malfatti, Lygia Clark, Zélia Salgado e Lygia Pape." (Fonte: site do MAR) E ainda estão presentes Clarice Lispector, Luz Del Fuego, Leila Diniz, Gabriela Leite e Elizabeth Gomes da Silva, viúva de Amarildo, carioca morto pela polícia, entre outras.

Ao todo são 200 peças entre pinturas, esculturas, fotografias, desenhos, gravuras, instalações, documentos, material audiovisual e objetos pessoais (a parte dos sapatos está maravilhosa e os objetos da Clarice Lispector também) que formam um panorama da evolução feminina.

Pena que não pode fotografar.

Mais um andar abaixo e chegamos à exposição "Rio Uma Paixão Francesa".


São 75 fotografias e vídeos trazidos dos acervos de instituições francesas como: Centre Georges Pompidou, Maison Européenne de la Photographie (MPE), Société Française de la Photographie e Musée Nièpce. As fotos, além de retratarem o Rio de Janeiro por pontos de vistas bem singulares, mostram o fascínio que a Cidade Maravilhosa exerce sobre os artistas franceses.

Podia fotografar, mas eu fiquei tão entretida na exposição que me esqueci de fazer alguns registros.
Esta foto abaixo é da página do museu: AQUI.


No térreo encontramos a exposição "Por Contato". Impactante! Em cartaz até 05/07.


A mostra reúne uma seleção de imagens produzidas a partir do projeto FotoLibras, que tem como objetivo utilizar a fotografia para quebrar barreiras de comunicação entre surdos e ouvintes.


Através do olhar apurado, sensível e diferenciado que o surdo tem transforma a fotografia em voz para quem não ouve.


O projeto FotoLibras foi criado em 2007 pelo GEMA - Grupo de Educação e Mudança pela Arte (GEMA) -, referência em educação inclusiva no Estado de Pernambuco. É a primeira vez que o trabalho dos estudantes é levado para ser visto fora do Estado. E que ótimo que veio para o Rio de Janeiro.


E já que estamos no térreo vale sempre rever o "Projeto Morrinho".


Aproveitem o passeio e mergulhem nesse MAR de exposições.

Serviço:
Museu de Arte do Rio
Praça Mauá, 5, Centro
tel: (21) 3031 2741
Gratuidade às terças.
Maiores informações no site do museu: http://www.museudeartedorio.org.br/

domingo, 28 de junho de 2015

A Semana 72 - Sendo positiva - #curticompartilhei3

A minha semana começou com cheiro de muita chatice na ar. Eu estava com os meus dias repletos de pendências a serem resolvidas, idas a bancos, consultas e documentos para desenrolar. 

Resolvi abrir uma página dos livros "Coisas Bem Legais Para Ser Muito Feliz" ou "365 Dias Extraordinários" ou "O Livro do Bem" por dia. São livros fofos, com mensagens positivas e que me deram ânimo e inspiração.  Então #curticompartilhei essas imagens no Instagram @inventandomamae e na página Inventando com a Mamãe.

Como a página abaixo, do livro "Coisas Bem Legais Para Ser Muito Feliz", eu resolvi que a minha semana teria celebrações pelas pendências encaminhadas.


A segunda começou com faxina na cozinha. Mas faxina mesmo, daquelas de desmontar forno, limpra vidro, desmontar o exaustor, limpar geladeira e todos os cantinhos. Uma chatice sim, mas que muito mais do que cansaço, o orgulho pelo resultado do trabalho traz uma satisfação enorme. 
Eu #curticompartilhei a página do  "O Livro do Bem"


Para celebrar o trabalho realizado fui ao cinema com a minha amiga Fernanda Reali. Além de desfrutar da companhia dela , me surpreendi muito positivamente com o filme "Minha Querida Dama". Fui na expectativa de ser uma comédia e foi muito mais do que isso. Um filme emocionante, com uma fotografia linda, excelentes atores e ótima música. A sinopse pode ser lida AQUI.


A terça estava tomada com pendências de um passado recente, do presente e de um futuro próximo. Para dar sabor a um dia cheio de chatices, almocei com o marido em um local agradável, com uma vista linda e comida bem gostosa.


No final do dia não deixei o cansaço me dominar e aceitei o convite da minha amiga e de ir comemorar o aniversário da filha dela. Rimos bastante e entramos no clima das adolescentes.

#Curticompartilhei a frase "Being a little goofy is great forhappiness


#Curticompartilhei a página do livro "Coisas Bem Legais Para Ser Muito Feliz"



Na quarta foram mais pendências em bancos, corre pra lá, corre pra cá. E o pior, nada foi desenrolado! E ainda teria que retornar aos bancos. Aff! Para não chegar em casa estressada e acabar descarregando nas pessoas que amo, eu resolvi me presentear com uma sessão de cinema e um saco de pipoca. Fui ver o filme "Enquanto Somos Jovens" que mostra um casal em crise com a idade, desconfortáveis com a  vida conservadora dos amigos que já tiveram filhos, se aproximam de um casal jovem e enxergam ali a possibilidade de viverem um novo estilo de vida.


#Curticompartilhei a página do livro "Coisas Bem Legais Para Ser Muito Feliz".


Na quinta eu reservei um tempo para ir ao evento de blogueiras para conhecer a Clínica Heades e os tratamentos para a Plagiocefalia, que eu nem sabia que existia. É sempre muito bom receber novas informações, compartilhar opiniões e trocar ideias. 


#Curticompartilhei a página do livro "365 Dias Extraordinários"


Na sexta tive mais idas a banco, compras para casa e coisinhas do meu cotidiano. Mas para colorir o meu dia, eu reservei um tempo para ir ao cinema com a família ver "Jurassic World - O Mundo dos Dinossauros". Levamos muitos sustos que nos fizeram rir um dos outros.


#Curticompartilhei a página do livro "365 Dias Extraordinários"


Essas mensagens me ajudaram a ter uma atitude e visão positiva para minha semana, buscando equilibrar as "chatices" e problemas com momentos de lazer, prazer e alegria. Assim o meu cotidiano ficou cheio de detalhes que me fizeram feliz. Os momentos "chatinhos" valorizaram os momentos leves.

Por fim #curticompartilhei a página do livro "365 Dias Extraordinários"



Este post faz parte da BC #curticompartilhei proposta pela Fernanda Reali. Venham ver o que as outras amigas curtiram e compartilharam nessa semana entrando neste link AQUI.

sexta-feira, 26 de junho de 2015

Sopa de Quinoa com Frango


O friozinho chegando trouxe a vontade de comer uma sopa bem quentinha e colorida. Peguei a base da "Sopa Moqueca Detox" com uma sopa de legumes, acrescentei frango e quinoa e saiu essa sopa de quinoa que ficou uma delícia.


O que utilizamos:

- azeite ou óleo de coco (fiz com azeite);
- 1 cebola picada;
- 2 dentes de alho picados;
- 1 dente de alho inteiro;
- 1/2 xícara de salsinha;
- 1/2 xícara de cebolinha;
- 1/2 xícara de hortelã;
- 1/2 xícara de orégano fresco;
- 1/2 xícara de manjericão;
- 1 tomate cortado em cubinhos;
- 1 cenoura cortada em cubinhos;
- 1 batata cortada em cubinhos;
- 1/2 chuchu cortado em cubinhos;
- 1 peito de frango cortado em cubinhos
- 1 xícara de quinoa;
- sal e pimenta a gosto.


Como fizemos:

Cozinhamos a quino em uma panela com três copos de água e um dente de alho por 15 minutos aproximadamente. Enquanto a quinoa cozinhava, cortamos os demais ingredientes.

Em uma panela em fogo baixo colocamos o azeite, refogamos a cebola e o alho. Acrescentamos todos os verdes, o tomate e refogamos mais um pouco.

Adicionamos o peito de frango e deixamos dourar.

Acrescentamos a batata, a  cenoura, o chuchu. Colocamos água até cobrir, temperamos com um pouco de sal (usei o sal rosa) e deixamos ferver.

Quando os legumes atingiram o ponto de cozimento adicionamos a quinoa e deixamos apurar o sabor por aproximadamente cinco minutos.


Aí foi só servir. Enfeitamos com um ramo de hortelã e milho salpicado.


quarta-feira, 24 de junho de 2015

Pré-estreia do filme Minions - Nós fomos!


No final de semana nós tivemos a oportunidade de assistir a pré-estreia do filme "Minions". Os personagens amarelinhos e queridos do filme "Meu Malvado Favorito" ganharam um filme solo (isso não é novidade) e bem que eles mereciam.



"Minions", filme da Universsal Pictures e da Illumination Entertainmente, conta a história anterior a "Meu Malvado Favorito". Ele mostra como esses fofuchos surgiram e o tanto que eles batalharam para encontrar um chefe à altura, o vilão mais maligno que pudessem encontrar.

É gente, esses seres amarelos que conquistaram o nosso coração existiam desde o início dos tempos e evoluíram de organismos unicelulares.

Desde sempre eles buscam um chefe para servir. Depois de várias tentativas frustradas que começaram com o T.Rex e foram até Napoleão, nossos queridinhos ficam sem ter a quem servir e entram na maior deprê. Mas a esperança e a alegria voltam aos seus corações quando Kevin decide sair em busca de um novo chefe bem malvado. E conta com a ajuda de Stuart, um adolescente rebelde, e o pequenino Bob.




E a gente embarca nessa busca divertida e cheia de aventuras, vilanias e atrapalhadas, com eles.
O trio sai da Antártida até Nova York e de lá segue até uma convenção de vilões em Orlando. É neste local que se encantam com Scarlet Overkill (Sandra Bullock), uma supervilã que ambiciona nada mais nada menos do que ser a primeira mulher a dominar o mundo. Taí um novo mestre em potencial!

A união dos Minions com o casal de vilões Scarlet Overkill e Herb Overkill, que aqui no Brasil são dublados pelo também casal Adriana Esteves e Vladmir Brichta, se dá repleta de confusões e reviravoltas. 


Essa parceria do mal culmina em um desafio que o trio (Kevin, Stuart e Bob) jamais imaginariam: salvar toda a espécie milenar da aniquilação. Muita emoção, né? E muita diversão também.

Nós gostamos muito do filme, eu me diverti feito criança tirando fotos com os personagens e as crianças ficaram felizes com o programa. E já querem assistir novamente.

Ah, e eu adorei a voz da Adriana Esteves na vilã.






Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Pin It button on image hover
▲ Topo