segunda-feira, 1 de setembro de 2014

Menos sódio, mais sabor e muitas receitas

A nutricionista Maria Cecília Corsi,  que é especialista em nutrição clínica com foco em técnica dietética e gastronomia, fez um workshop sobre a utilização do sódio na medida certa para o nosso bem.

Durante o evento a nutricionista, que há 5 anos criou o conceito Liv Light onde combina pontos essenciais da nutrição para uma alimentação saudável, trouxe muita informação, dicas e ótimas receitas.

Conforme explicação da Maria Cecília:

- O sódio é necessário para a regulação do sangue no corpo humano para a promoção da boa contração muscular; é importante para a manutenção de fluidos do corpo, além de desempenhar papel importante no desempenho do coração, sistema nervoso e absorção de glicose. Ou seja, precisamos do sódio. Mas precisamos na medida certa.

- É muito importante ficar de olho nos rótulos, pois alguns alimentos, tidos como saudáveis, possuem alta quantidade de sódio. Um exemplo citado foi o pão integral.

- Temos que estar atentos não apenas na quantidade de calorias dos alimentos, mas principalmente na qualidade destas calorias.

- Devemos ter cuidado com dietas rígidas, inclusive para crianças. A rigidez não é interessante, o ideal é oferecermos o que é saudável e equilibrarmos com as possibilidades que satisfaçam os interesses de paladar. É importante ensinar a criança  a fazer as melhores escolhas. Eu concordo com essa linha e até falei aqui sobre ter opções e fazer escolhas.

Dentro da linha de oferecer pequenas quantidades com mais sabor, mais qualidade e que satisfaça, a Maria Cecília ofereceu diversas possibilidades e ainda nos entregou algumas receitas.

Eu adorei esse drink de limão, morango, romã e gengibre.



Ingredientes:

- 3 copos de gelo;
- 10 folhas de hortelã;
- 1 limão siciliano grande;
- 1 copo de suco de morango Del Valle;
- 1 colher de chá de gengibre ralado;
- 4 colheres de sopa de semente de romã;
- 1 litro de Sprite Zero.

Modo de preparo:

Em uma jarra grande coloque o gelo e as folhas de hortelã. Esprema o limão siciliano sobre o gelo. Acrescente o suco de morango, o gengibre ralado e as sementes de romã. Misture com uma colher e por último adicione o Sprite. Sirva em seguida para não perder o gás.

Eu achei a ideia desse drink sensacional. Quando estamos em dieta de perda de peso, e por isso de poucas calorias, o consumo de suco de frutas é bem reduzido. Com isso, em algumas reuniões de amigos e festinhas eu me senti com poucas opções, pois não posso tomar bebidas alcoólicas, nem sucos. Sobrando somente água e bebidas light ou zero como alternativas. Com esse drink eu me senti mais inserida no contexto da festinha.

E não é que a Sofia achou na rua algumas romãs e trouxe pra casa? É claro que aproveitei para fazer o drink. Mas fiz com o que eu tinha em casa, então usei Aquarius Fresh no lugar do Sprite, e suco de cranberry com maçã da Del Vale no lugar do suco de morango. Gente, ficou bom demais! No meu caso as sementes de romã não boiaram. Acho que foi porque a pessoa ansiosa aqui não leu a receita com calma e misturou a Aquarius Fresh junto. Aliás, bateu no liquidificador. Com isso perdeu um pouco do gás. 



Iogurte grego

Durante o evento serviram muitas delícias saudáveis como esse iogurte grego. Neste caso a Maria Cecília não passou a receita, mas explicou que usa iogurte natural desnatado batido com leite em pó, também desnatado, e ricota. Explicou que bate bem no liquidificador.

O objetivo é aumentar a quantidade de cálcio, ter um sabor mais gostoso, e com menos gordura, e ainda satisfazer com uma pequena quantidade.


Bom, eu fiz as minhas tentativas aqui em casa. Usei o iogurte grego caseiro que eu mesma faço. Para duas conchas pequenas de iogurte eu usei duas colheres de sopa de leite em pó desnatado e duas fatias finas de ricota. Bati tudo no liquidificador por bastante tempo, mas não consegui a consistência desejada. Acho que o problema é o meu iogurte grego caseiro. Ele já é bem consistente, mas quando bato no liquidificador ele fica líquido. Mesmo fora do ponto o iogurte grego de beber ficou uma delícia! Servi com uma fatia de morango e chia. Foi um sucesso.


Não me dei por satisfeita e testei a mesma proporção anterior (duas conchas pequenas de iogurte, duas colheres de sopa de leite em pó desnatado e duas fatias finas de ricota), amassei bem a ricota com o garfo e misturei com a colher. Ficou perfeito. E posso dizer que com menos quantidade de iogurte eu fiquei supersatisfeita.

Servi com pedaços de morango no fundo.


E com uma cobertura de castanhas-de-caju picadas, passas e chia. Exatamente como foi servido no Liv Light. Tá, eu não resisti e fiz uma graça com o morango.


Outra delícia foi o pão de queijo! Esse ela também não passou a receita com as quantidades especificadas, mas disse que utiliza iogurte, ricota, polvilho doce e azedo. O objetivo de fazer uso da ricota é reduzir a quantidade de queijo parmesão. Essa substituição reduz a quantidade de gordura e de sódio na receita. Um polvilho, eu não me lembro qual, tem a função de fazer o pão de queijo crescer e o outro de fazer a casquinha crocante.

Com essas dicas eu adaptei a receita de pão de queijo de caneca fazendo as substituições:

Ingredientes:

- 1 ovo pequeno;
- 4 colheres de sopa de leite desnatado;
- 3 colheres de sopa de iogurte grego caseiro;
- 1 colher de sopa de óleo (a receita original sugeria três colheres. Eu fiz com apenas uma e deu certo);
- 4 colheres de sopa rasas de queijo parmesão ralado light;
- 2 colheres de sopa rasas de queijo parmesão light;
- 2 fatias finas de ricota;
- 4 colheres de sopa rasas de polvilho azedo;
- 2 colheres de sopa rasas de polvilho azedo;
- 2 colheres de sopa rasas de polvilho doce;
- 1 colher de café de fermento em pó;

Modo de preparo

Misture tudo (eu bato com o garfo em um recipiente, mas pode ser no liquidificador). Distribua a massa nas formas de cupcake e levamos ao forno pré-aquecido a 180ºC por aproximadamente 10 minutos.

Usei duas medidas e rendeu 12 pães de queijo pequenos (forma de cupcake pequena) e 4 pães de queijo grande (forma de cupcake grande).


Ficou divino! As meninas agora só querem esse pão de queijo para o lanche!


A dica para reduzir o sódio nas comidas salgadas é pensar que o sal não é tempero. Então vamos usar a nossa intuição e experimentar as especiarias e condimentos que temos disponíveis (cúrcuma, cominho, lemon grass, páprica, canela, pimenta síria, gengibre, coentro, pimenta-do-reino, etc.). Uma das ideias foi fazer uso do Garam Masala, um tempero indiano que coloca o nosso sabor, a nossa personalidade, a nossa identidade na comida, já que cada um monta o seu conforme o próprio paladar. Com esses temperos a comida fica com sabor precisando de pouco sal, ou nenhum.

Outra sugestão é fazer uso do sal do Himalaia, pois este tem menos sódio que os demais.

Dos vários pratos salgados que aprendemos a fazer com menos sal, a salada mix de grãos com ricota, abobrinha e molho de aceto reduzido surpreendeu e já foi testada aqui em casa.


O post já está enorme e bateu a preguiça de escrever a receita, então vai a foto! Espero que fique visível!


Fiz em casa e dei uma adaptada simples, apenas incluí cenoura para dar uma cor e ficar mais ao gosto das minhas filhas.


Para o molho eu fiz em duas versões: reduzido na Coca-Cola, como a receita original, e reduzido no suco de laranja e mel.


No final foi servido, junto com o café, um crespinho de chocolate maravilhoso. Esse não teve receita, mas foi dito que é feito com chocolate 70% cacau e proteína de soja. Claro que já experimentei por aqui com uma adaptação para o paladar das filhas.

Ingredientes:

- 2 barras pequenas de chocolate branco Salware sem lactose e sem açúcar;
- 2 barras pequenas de chocolate meio amargo Salware sem lactose e sem açúcar;
- 2 colheres de sopa de proteína de soja texturizada;
- uvas passas.

Modo de preparo:

Derreti o chocolate branco e o chocolate preto separadamente no micro-ondas (aproximadamente um minuto). Usei duas formas de silicone para gelo em formato de coração. Em cada coração eu coloquei uma porção de proteína de soja, uma uva passa, cobri com o chocolate derretido e levei a geladeira. Não ficou crespinho, mas tem seu charme por ser em formato de coração.

Com quatro barras de chocolate (vou ver o peso líquido de cada uma) eu fiz 20 bombons. Nós comemos um bombom de sobremesa, ou no café, e ficamos satisfeitos. Se fosse apenas a barra de chocolate, comeríamos inteira.



Bom, o post ficou enorme, mas o evento ‪#‎vivapositivamente‬ da Coca Cola junto com a Liv Light,
conceito criado há cinco anos pela nutricionista Maria Cecília Corsi, onde combina pontos essenciais da nutrição para uma alimentação saudável, foi muito bom e ficou difícil selecionar as receitas. Em um próximo post eu vou postar as outras maravilhas que aprendi.

domingo, 31 de agosto de 2014

BC A Semana - Post #29

Mais uma semana em casa, mas nesta o médico me liberou para começar a sair aos poucos. Posso fazer saidinhas curtas, para lugares tranquilos e sem muito esforço. Aproveitei o melhor que eu pude.

- Levei a Sofia na apresentação da Ginástica Olímpica. Foi lindo, emocionante e o melhor foi perceber a alegria e descontração das meninas. Elas realmente se divertiram fazendo a apresentação.



- Brinquei muito de fazer pulseiras na onda Rainbow Loon e contei AQUI como aproveitei essa oportunidade para ficar com a Sofia e fazermos arte juntas.

- Fui ao cinema ver o filme "Tudo acontece em Nova York". Uma comédia dramática leve e muito agradável de ser vista. Aborda o dilema de duas pessoas em busca da independência. Enquanto Lilas quer sair da sombra da mãe, Leeward continua na aba de sua família judaica e da mulher batalhadora. O filme fala sobre a maturidade e o talento nato das pessoas, é bem imprevisível e surpreendente.


Sinopse do site Adorocinema: "Mary é uma enfermeira trabalhadora e cansada de sua vida. Seu marido, Leeward, trabalha como músico, mas tem pouco sucesso na carreira artística e nunca consegue manter um emprego. A relação entre os dois está bastante desgastada, e a situação piora com a chegada de Lilas, uma jovem francesa que não tem onde ficar, e acaba morando no apartamento do casal.".

- Aproveitei a companhia da minha amiga Márcia para assistir "Amantes Eternos". Um filme de vampiros com uma temática bem diferente dos demais. Fala de um casal de vampiros cuja paixão atravessa séculos. O casal anda meio entediado com a vida eterna. Achei o filme meio chato e depressivo. Apesar do casal falar muito sobre música, cinema e ecologia, que são assuntos interessantes, o tédio deles me contaminou. 



Sinopse do site Adrorcinema: "A história de amor entre dois vampiros eruditos, Eve (Tilda Swinton) e Adam (Tom Hiddleston), cansados da sociedade atual e profundamente incomodados com a evolução da humanidade. Há séculos eles vivem uma relação de cumplicidade e muito amor, que será abalada pela aproximação da irresponsável irmã caçula da vampira, Ava (Mia Wasikowska).".

- Depois do cinema fomos comer uma pizza. Eu já estava bem cansada, mas a companhia era irresistível. O difícil foi ficar olhando a Márcia tomar esse vinho. Ai que vontade...


- Fui, na companhia de duas amigas queridas, ver "Magia do Luar". Uma comédia leve, gostosa de ver, divertida e com um cenário encantador. Mais uma vez Woody Allen deu show. E ainda tem o charmosíssimo Colin Firth que representa o homem maduro que será enganado, ou não, pela ninfeta misteriosa.


Sinopse do site Adorocinema: Stanley (Colin Firth), um falso mágico com talento para desmascarar charlatões, é contratado para acabar com a suposta farsa de Sophie (Emma Stone), simpática jovem que afirma ser médium. Inicialmente cético, ele aos poucos começa a duvidar de suas certezas e se vê cada vez mais encantado pela moça.

- Fui almoçar com amigas blogueiras e a equipe da Master Mídia. Almoço gostoso, conversa produtiva, descontraída e muitos planos.


- O blog recebeu um livro de receitas da Sustagen que está sendo muito útil. Já fizemos algumas receitas e tiramos algumas ideias para compor o nosso cardápio da semana. Ganhar presente é muito bom.


- Recebemos amigas da Sofia em casa para fazerem pulseiras juntas. O amigo Gustavo também veio aqui para ter aulas de como fazê-las.


- Aproveitei bastante o tempo em casa para descansar, ver filmes com o marido, conversar com a Ana Luiza, organizar as tarefas de casa, ajudar no plano de estudos das filhas e preparar comidinhas gostosas e saudáveis.

O novo está diante de nós. Mesmo que se faça as mesmas coisas podemos buscar um olhar de novidade.

Este post faz parte da Blogagem Coletiva "A Semana" proposta pela Fernanda Reali. Passe lá para ver como foi a semana das outras amigas participantes. Essa blogagem é um estímulo a aproveitarmos mais as nossas semanas.   

sexta-feira, 29 de agosto de 2014

Filme "O que será de nozes?" e O Segredo é Carinho


Conforme eu contei AQUI, tive a oportunidade de assistir ao filme "O que será de nozes?" na pré-estreia promovida pela Del Valle para o lançamento da campanha #osegredoécarinho.

O filme é bem legal. Uma animação cheia de aventura,


animais fofinhos,


mensagens bem típicas de filmes infantis, que sempre valem a pena ser reforçadas, como: proteger a natureza, valorizar as amizades, ajudar ao próximo e que ser do bem faz bem.

Um filme que tem tudo que atrai as crianças e os adultos podem dar boas risadas. Eu fiquei encantada com essa Pug charmosa que me fez lembrar a minha Xina.

Imagem obtida no site Adorocinema

Sinopse do site Adorocinema: "Quando o teimoso esquilo Surly é expulso de um parque na cidade grande, ele precisa encontrar outras maneiras de sobreviver. Mas o lugar dos seus sonhos está muito perto dele: trata-se de Maury's Nut Store, uma loja repleta de nozes, castanhas, amêndoas... Surly reúne os amigos e bola um plano para invadir o lugar e roubar toda a comida para suportar o inverno.".

A proposta da Del Vale com essa sessão de pré-estreia foi a de reunir mães e filhos  para um bate-papo descontraído com a psicoterapeuta e escritora Natércia Tiba  mediado pela jornalista e blogueira Sam Shiraishi.


A conversa fluiu sobre educação familiar com foco nos exemplos de carinho que vemos os nossos filhos repetirem.

A campanha #osegredoécarinho me fez pensar nos exemplos de carinho da minha mãe que eu me percebo hoje repetindo. Por exemplo:

- Eu não consigo andar na calçada com as minhas filhas e deixá-las do lado próximo à rua. Eu fico do lado da rua e elas do "lado de dentro". É uma forma de proteção. Se por acaso algum carro perder o controle ele bate em mim e não nas minhas filhas. E era isso que a minha mãe fazia e faz até hoje com a gente.

- Não consigo comer o último item, seja ele qual for, se as minhas filhas ainda querem mais um pouco. Mesmo que elas já tenham comido e eu ainda não. Outro dia no almoço, a Sofia já tinha comido o frango e quis o que tinha restado pra mim. Imediatamente ela percebeu que eu ainda não tinha comido o meu e disse que não precisava mais. Eu imediatamente falei: "Filha, come você. Mãe não consegue comer se a filha estiver com fome. Mãe tira comida da própria boca para alimentar os filhos.". Gente, essa frase era exatamente o que a minha mãe dizia.

- Outro dia eu estava ensinando as meninas a fazer leite de coco caseiro e vi a minha mãe me ensinando a fazer suco de cenoura pra minha irmã mais nova. Na época não existia centrífuga e o suco era feito ralando a cenoura e depois espremendo em uma fralda.

Eu também me vejo nas minhas filhas. Qual a mãe que não percebe atitudes próprias sendo repetidas pelos filhos, né? O melhor é quando a gente vê atitudes de amor e carinho.

Uma das cenas mais fortes que tenho foi de quando a Ana Luiza pegou uma boneca, levantou a blusa e a colocou pra mamar no peito. Mesmo que as bonecas viessem com mamadeiras ela sempre as amamentava.
Hoje em dia a Ana Luiza já começou a sair para alguns lugares sozinha e eu peço que vá me dando os passos dela por mensagem. E não é que ela tem feito o mesmo comigo?! "Mãe, assim que você chegar lá me manda uma mensagem, tá? Mãe, assim que você sair daí me manda uma mensagem, tá?". Já está a Ana Luiza repetindo comigo o mesmo cuidado que eu tenho com ela.

E não para por aí. Ficando atenta eu vejo atitudes minhas no trato entre as irmãs, na forma como elas lidam com a Xina (nossa cachorra), com as bonecas e até com o hamster.

Como nem tudo são flores eu vejo também alguns gestos de impaciência sendo copiado pelas filhas. Outro dia a Sofia falou pra mim: "Mãe, eu estou perdendo a paciência com você!". Como assim? Essa frase é minha!

Quero que minhas filhas aprendam com os meus exemplos e com as minhas atitudes. Como não vou ser um exemplo de perfeição sempre, procuro observar os meus erros, pedir desculpas e ressaltar que eu erro sim e através dos meus erros elas têm a oportunidade de escolher se querem repeti-los ou aprender a fazer diferente. Mas estou sempre ligada em demonstrar que através do carinho as relações ficam muito mais agradáveis e que também através dele conseguimos obter o melhor das pessoas a nossa volta.

quinta-feira, 28 de agosto de 2014

Rainbow Loon, a febre do momento


A febre do momento é o Rainbow Loom, um kit composto por um minitear, elásticos coloridos, um gancho (tipo agulha de crochê) e fechos para as pulseiras.


kit Rainbow Loon

Quando a Sofia me falou do Rainbow Loon eu me lembrei de quando eu tinha a idade dela e passei por uma fase de fazer pulseiras de linha. O meu tear foi feito por um primo que usou um taco de madeira envernizado com quatro pregos em cada extremidade. Com esse "brinquedo" e vários carretéis de linha eu me divertia, fazia várias pulseiras e ainda vendia. Nossa, como é bom me rever nas minhas filhas!

Bom, voltando ao Rainbow Bloon que a Sofia queria. Como a criançada toda esta atrás desta novidade foi difícil encontrar o tal kit. Enquanto isso a Sofia não se apertou, e iniciou a fabricação fazendo uso de garfos. Quem tem criatividade sempre encontra uma solução, né?

Rainbow Loon com garfo

Mas finalmente eu encontrei kit e já vi ali uma oportunidade para desfrutar de bons momentos com a minha filha. Então, comprei o sonhado equipamento pra ela e outro pra mim. Além de brincarmos juntas, eu pude demonstrar interesse pelos interesses dela e isso é uma ótima maneira de manter a proximidade. E o melhor, a Sofia que me ensinou a fazer o primeiro modelo de pulseira.

pulseiras Rainbow Loon

Passamos algumas horas brincando juntas, conversando e ouvindo música. E sabe o que estava tocando no iPhone? "La La La (Brazil 2014) em um clip com a Shakira.


Como não podia ser diferente, a minha primeira produção ficou de presente pra Sofia.

pulseira Rainbow Loon



Estamos gostando tanto da novidade que já queremos aprender a fazer outros modelos de pulseiras e essa capa de celular:

Imagem obtida AQUI



Além de conseguir fazer pulseiras de elásticos com o tal Rainbow Loon, dá pra fazer várias coisinhas interessantes como colares, anéis, elásticos para o cabelo, chaveiros, pendentes, bolsas, etc., e tudo tem tutorial na internet. Neste post AQUI tem 20 ideias para fazer com o Rainbow Loon.

Tô vendo que vamos nos divertir muito por aqui com esse brinquedinho que mais parece uma terapia. Além do mais, eu gostei de me rever na Sofia, de dar a oportunidade dela sentir que me ensinou algo e de compartilhar com ela um mesmo interesse.

domingo, 24 de agosto de 2014

BC A Semana - Post #28

Outra semana me recuperando. Apesar de já estar bem melhor, ainda precisei de bastante repouso. Ficar em casa é muito bom, mas já começou a ficar meio entediante e justamente por isso procurei encontrar a beleza que pode estar escondida no cotidiano.

- Colocando um toque de carinho no lanche da filha.


- Estar com a família na sala. Todos no mesmo ambiente e cada um fazendo o que tem vontade. Sofia brincando, eu e a Ana Luiza vendo TV, o Antonio lendo e a Xina acompanhando tudo.


- Até Billy Brown, o hamster, teve seu momento de diversão.


- Ter a companhia constante da Xina.


- Ficar no sofá com a Ana Luiza vendo todos os episódios da primeira temporada de "Once Upon a Time". A séria mostra os personagens clássicos de contos de fada por uma perspectiva totalmente diferente. Tem até um momento da Branca de Neve meio rebelde, revoltada, vingativa. Outro ponto interessante é que ela navega entre presente e passado.


- Foi realmente uma semana de aproveitar o sofá. E já que estava lá vi com o marido o filme "Papai por acaso". Uma comédia francesa, bem equilibrada com uma pitada leve de drama, que conta como a vida de "Thomas Platz muda quando repentinamente se torna guardião de um bebê. Ele decide tirar proveito da situação e finge ser o pai verdadeiro para reconquistar sua ex-namorada Marie e provar que está pronto para casar e ter uma família.".



- Variar bastante o cardápio com muita cor, sabor e saúde. Tivemos sucos verdes variados, midnight oats (vou colocar a receita), saladas diversas, chips de legumes (batata doce, abóbora, berinjela e banana), torre de berinjela e tomates assados recheados com shimeji, entre outras delícias.


- Receber cuidados em casa e ter as unhas feitas. O esmalte escolhido foi esse vinho da Essie de no Diva.


- Participar do Hangout com o "Carinho e Exemplo na Família" ( #osegredoecarinho #delvalle ) e poder trocar ideias com a Natércia Tiba, @mulhersemscrip, a @samegui e outras queridas. Muito bom poder aprender mais, compartilhar dúvidas e ampliar meus relacionamentos.


- Finalmente sair de casa, mesmo que seja para ir ao médico, e se deslumbrar com aquele cenário mais do que conhecido. Melhor ainda, retirar os pontos e ser liberada para saidinhas leves, sem grande esforço.


- Ter a companhia de uma amiga querida e da minha filha Ana Luiza  para ir ao cinema ver o filme "Chef". Uma comédia literalmente gostosa de ser ver. Saí do cinema com desejo de comer um sanduíche cubano. Ou melhor, saí querendo ter um trailler-lanchonete e viajar por aí.


- Ficar feliz vendo a Sofia brincando com a amiga e observando como ela gosta de trazer as amigas pra casa. Muito gostoso ouvir os risos, as gargalhadas e as conversas inocentes.


Costumo dizer a a gente encontra o que a gente procura. Quem procura problemas, encontra problemas, Que procura soluções, encontra soluções. E foi procurando beleza nas coisas simples que eu encontrei alegria nesta semana.

Este post faz parte da Blogagem Coletiva "A Semana" proposta pela Fernanda Reali. Passe lá para ver como foi a semana das outras amigas participantes. Essa blogagem é um estímulo a aproveitarmos mais as nossas semanas.   
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
▲ Topo