terça-feira, 31 de março de 2015

Crumble de Maçã da Gali


Nas últimas vezes que fomos visitar a minha amiga Simone tivemos crumble de maçã de sobremesa. Uma receita de uma amiga dela e que fez muito sucesso para todos os gostos: crianças, mulheres e homens. 


Receita de torta quente de maçã

No final de semana passado rolou mais um encontro que terminou em crumble. Fomos todos para a cozinha preparar o doce e aproveitei para aprender a receita.

Eu até iria repassar aqui no blog, mas achei tão charmosa a receita escrita à mão que vou mantê-la em imagem.

Ingredientes:

Receita de torta quente de maçã


A Sofia ficou responsável por fatiar, com todo o cuidado para não cortar o dedo, as maçãs já descascadas. 



Receita de torta quente de maçã

Esse trabalho ficou comigo e com a Sofia.

Receita de torta quente de maçã


Receita de torta quente de maçã

A Bia e a Simone prepararam a massa. Na verdade nós colocamos o calybom na massa e deu supercerto.

Receita de torta quente de maçã

E eu arrumei sobre as maçãs.

Receita de torta quente de maçã

Receita de torta quente de maçã

Sai do forno borbulhando e exalando aquele cheiro delicioso de maçã e canela.

Receita de torta quente de maçã

Fica bem servido com sorvete e acompanhado com um Vinho do Porto.

Receita de torta quente de maçã

E as cascas das maçãs não foram pro lixo diretamente, não. Antes elas foram muito bem aproveitadas para fazer esse chá cor de rosa lindo, gostoso e cheiro.


segunda-feira, 30 de março de 2015

Findi 13 de 2015 - Pauleira #sqn


O final de semana começou prometendo ser daqueles estressantes, do tipo que a gente torce pra passar logo.

- Fui ao laboratório fazer exames de rotina e a fila estava imensa. Às 11h da manhã ainda faltavam doze pessoas na minha frente pra serem atendidas no guichê. E depois ainda teria a espera para ser chamada para realizar o exame efetivamente. Imagina a fome da pessoa aqui. Apenas uma curiosidade: a menina que esperava ao meu lado usava uma Havaina igualzinha a minha. Após tanta espera eu caí dentro do lanche
Depois de passar a manhã inteira no laboratório, a tarde foi no trabalho!




- Tudo resolvido no trabalho, então levei a Sofia pra visitar a Tina. 


- Teve encontro de amigas com as respectivas famílias. Como sempre rimos muito!


E social boa começa na sala, mas acaba na cozinha. Fomos preparar um crumble de maçã maravilhoso! Vou colocar a receita no blog.
Aproveitamos as cascas das maçãs e fizemos um chá cheiroso, gostoso e cor de rosa.


- Teve tapioca recheada de Polenguinho e damasco, pesquisa sobre os números e estudo de ciências com a Sofia, conversas sobre feminismo com a Ana Luiza, que tinha que fazer uma redação sobre o tema, e assistimos o jogo do Brasil X Chile.


- Levei a Sofia para ver o filme "Cinderela", mas antes tive que penteá-la e mostrar que não tinha feito caminho de rato. Fomos acompanhadas de uma amiga da Sofia e, claro, rolou pipoca, mas nem fotografei.


- Pintei com a Ana Luiza as almofadas lindas que a querida, simpática, criativa, inteligente, e muito mais, Marion, do Criações em Família fez. Essas "Almofadas Pintar e Criar" vão fazer parte da decoração do quarto da Ana. Vou fazer um post exclusivo sobre elas. Mas quem quiser ir se adiantando pode ver as maravilhas da Marion na página no FB "Criações em Família e Cia", no blog "Criações em Família" e na loja Criações em Família E; Cia" na Divitae.



Apesar de o início do final de semana ter começado com tropeços, eu procurei me divertir e rir das situações e não deixei que o estresse inicial afetasse o meu ânimo, nem a vontade de aproveitar os momentos, estar com as pessoas que eu gosto e que me fazem bem.
Assim o final de semana que começou pauleira, terminou cheio de alegrias, com sensação de dever cumprido e que foi superbem aproveitado.

Este post faz parte da BC Coisinhas de Findi proposta pela Camila do blog CasaMila.

domingo, 29 de março de 2015

BC A Semana 59 - Amizades


A semana foi corrida como sempre, muito trabalho no trabalho e muito trabalho em casa. Fiz todas as coisas que sempre faço: li, ajudei as filhas nas tarefas, preparei café da manhã, organizei o almoço e as atividades de casa, e coisa e tal.

O grande diferencial dessa semana foram as amigas. Encontros que revigoram. Risadas que alegram. Conversas que incentivam.

- Almoço no Outback com amigas queridas que conheci no trabalho e levei pra vida.


- Almoço no Pavilhão de São Cristóvão com amiga que conheci no mundo virtual e trouxe pra vida. 
E fiquei muito feliz em apresentar a Feira dos Paraíbas pra amiga Lily Luz.

E olha só como a amizade nos traz maravilhas! A Lily que faz coisas lindas em sua Lily Luz Papelaria Personalizada preparou uns kits megacoloridos pro blog.


Cada um mais lindo do que o outro. E não tem só essas cores, não! Mas eu vou mostrar todas em um post exclusivo e com fotos tiradas na máquina (essas foram batidas no celular e a qualidade não faz jus ao trabalho da Lily).


- Almoço com mais amigas que o mundo virtual me apresentou e que trouxe para vida real. Fomos ao Al-Farabi, um restaurante bem charmoso no centro do Rio.


Esse almoço foi para encontrar a Vivi Ayres que estava no Rio a trabalho e nós é que ganhamos presentes. Isso é muito carinho e cuidado com as amigas.


E não é que a Lily me surpreendeu mais uma vez? Ela completou os kits do Inventando com a Mamãe com mais papelaria personalizada caprichada e de muito bom gosto. Além das canecas e sandálias, ainda tem bloquinhos! Não é à toa que digo que ela só faz Lilyndezas.

Foto da Fernanda Reali

- Após um dia estressante de trabalho fui relaxar com algumas amigas jogando conversa fora, rindo e comendo pastel. 


As amizades me proporcionaram momentos simples, mas muito significantes.

Este post faz parte da Blogagem Coletiva "A Semana" proposta pela Fernanda Reali. Passe lá para ver como foi a semana das outras amigas participantes. Essa blogagem é um estímulo a aproveitarmos mais as nossas semanas.

quarta-feira, 25 de março de 2015

Casa Daros - Exposição Made in Brasil

Quando a Ana Luiza (aos 16)  me pede para sair com uma amiga pra ver uma exposição de fotos no IMS, eu confesso que fico muito feliz e me sinto orgulhosa. E isso é resultado de a gente inserir visitas a museus e centros culturas na nossa programação com frequência, desde que ela era bem pequena.

E continuamos nesse esmo espírito com a Sofia.

Neste final de semana fomos ver a primeira exposição totalmente voltada para arte brasileira da Casa Daros, local que nós gostamos muito e que representa a arte e cultura latino-americana.




Made in Brasil foi concebida como uma homenagem o cenário artístico brasileiro em seu país de origem. E traz obras de grande nomes, como Waldérico Caldas, Antonio Dias, Milton Machado, Cildo Meireles, José Damasceno, Ernesto Neto, Miguel Rio Branco e Vik Muniz.



Poder fotografar a exposição é um ótimo incentivo e atrativo para as crianças, além de despertar o interesse em observar a obra por diversos ângulos. 

A Sofia se encantou com as caveiras na obra "A Simétrico" de Waldérico Caldas.


"O Pequeno Príncipe"



Já a obra "estudos sobre a vontade" nos deu vontade de participar


e experimentar.


Um das obra mais impactantes dessa exposição foi "Missão/Missões (Como construir catedrais)" de Cildo Meireles.



No chão foram usadas 600 mil moedas para compô-la.


A curiosidade em "O Agregado" de José Damasceno. Como as estantes estão encaixadas e equilibradas?


Ao se deparar com "Can You Hear Me?" também de José Damasceno a pergunta foi "Can I see Me?" "Can You See Me". A Sofia gostou de se ver refletida nos trompetes. Como eles estão ligados ela queria enxergar através deles.


Passamos por todas as 60 obras do acervo despertando curiosidade, estranheza, e diversas outras sensações.  Finalizamos na sala com fotografias de Vick Muniz que usou o chocolate para desenhar o retrato de Sigmund Freud (aqui a Sofia achou um grande desperdício. Como assim, não comer todo aquele chocolate?)




Os diamantes reluzentes usados para criar a imagem de Marilyn Monroe (2004) impressionarem pelo brilho e pela riqueza. 



A exposição está muito interessante e o fato de algumas obras serem interativas com o público, atrai o as crianças! Foi um ótimo programa que eu recomendo para toda a família. Eu acho que vale a pena, antes de fazer a visita, entrar no site da Casa Daros e visitar o microsite feito exclusivamente para a exposição (AQUI). É legal ir para a exposição já com um entendimento do que vamos encontrar por lá. 

A mostra fica em exibição até 9 de agosto e depois terão novas edições com outros artistas que representam o Brasil.

Entrada: Exposição principal R$14. Entrada gratuita às quartas-feiras e criança não paga.
Horário: Quarta-feira a sábado de 11h às 17h e domingo de 11h às 18h
Endereço: Rua General Severiano, 159, Botafogo. Rio de Janeiro

PS: eu fui no domingo cedo e estava vazio. Quando saímos por volta das 14h30 já tinha filha (pequena) para entrar nas salas.

terça-feira, 24 de março de 2015

Risoto de Queijo Brie com Manga e Gengibre

Já falei aqui que o prato preferido da Ana Luiza é risoto. Não importa de quê, ela gosta de todos, ou praticamente todos, ou pelo menos, de todos os que eu faço.

E o risoto fica melhor ainda quando é uma surpresa! Quando eu venho em casa na hora do almoço e preparo um risoto diferente pra gente almoçar juntas.

E ontem eu já comece a semana fazendo uma surpresa deliciosa: risoto de queijo brie com manga e gengibre. Ficou maravihoso!

risoto com queijo brie, manga e gengibre


O que utilizamos:

- 200 g de arroz arbóreo;
- 1 litro de caldo de legumes; (aqui está o segredo de um bom risoto.)
- 10 g de cebola picada; ( 1 colher de sopa)
- 60 g de manteiga sem sal; (usamos a manteiga ghee)
- 20 ml de azeite extra virgem;
- 30 g de queijo parmesão ralado. 
- 150 g de queijo brie;
- 1 manga palmer cortada em quadradinhos;
- colher de chá de gengibre finamente picado;
- sal e pimenta a gosto.

Como fizemos:

Cortamos a manga e o queijo brie em cubinhos. Reservamos.



Em uma frigideira de borda bem alta colocamos uma colher de azeite, 30 g de manteiga, uma cebola picada e deixamos "chorar". Adicionamos o gengibre, logo em seguida acrescentamos o arroz e misturamos até os grãos ficarem brilhando. Colocamos 100 ml de vinho, sempre mexendo, e deixamos apurar. Assim que o arroz ficou quase seco começamos a adicionar o caldo de legumes que deve estar fervendo.





Fomos colocando duas conchas de caldo por vez sempre misturando até o arroz ficar "al dente". Desligamos o fogo, colocamos o queijo misturando bem para que derretesse n calor e adicionamos as mangas cortadas em cubo e misturamos.

Decoramos o prato com fatias finas de queijo brie, tomate, folhinha de hortelã e cebolete picada.

risoto com queijo brie, manga e gengibre

Nos deliciamos!



Temos outras receitas de risoto aqui no blog, basta clicar nos links abaixo:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
▲ Topo