quarta-feira, 30 de setembro de 2015

Rock in Rio 2015 - Nós fomos!

Mais um Rock in Rio e eu fui! Dessa vez foi graças à Sofia que pediu, insistiu, implorou e me fez, em cima da hora, conseguir os convites. 


A maternidade tem dessas coisas de me tirar da zona de conforto, me impulsionar pra frente, de me estimular a fazer coisas que eu não faria, e evitar que eu me arrependa por não ter feito algo.

Aconteceu com esse Rock in Rio. Por mais que eu goste, ache que vale a pena ir, que é um evento imperdível, e coisa e tal, eu estava acomodada, no conforto do meu sofá, achando muito bom assistir pela TV.

Ainda bem que a Sofia quis ir e, como para fazer filha feliz eu faço qualquer coisa, eu fui! Graças a Sofia eu pude sentir mais uma vez a emoção de estar chegando à cidade do rock. O coração pulsa, a pela arrepia com a simples lembrança da abertura dos portões da primeira edição do festival. É incrível! Só em ver as roletas de entrada eu revivo aquela corrida no gramado para chegar mais perto do palco.


Hoje está tudo muito mais organizado, mais estruturado, cheio de atrativos. Chegamos com sol quente no último dia dessa sexta edição.

Logo na entrada a hashtag #rockinrio refrescava e animava o público.


A Sofia foi logo se divertir. O difícil era fazer uma foto legal.


Só em chegar perto do Palco Mundo já dá para sentir uma energia, uma vibração boa no ar. Melhor ainda é mostrar isso para a filhota.

Enquanto esperávamos a abertura dos shows principais da noite, assistimos algumas bandas no Palco Sunset e algumas performances no Palco Street Dance.

A Sofia, na sua estreia no Rock in Rio, queria mais, queria aproveitar tudo, e claro, quis ir a pelo menos um dos brinquedos. Taí outra coisa que a mãe aqui não faria: gastar tempo na fila para ir aos brinquedos. Mas para fazer a filha feliz eu mudo alguns conceitos.


E mais uma vez, ainda bem que eu fui. Sério, até um passeio de montanha russa é mais emocionante no Rock in Rio. Naquele momento em que o carrinho está lá no alto, prestes a despencar, o frio na barriga é mais intenso com a vista panorâmica daquela estrutura gigantesca, das luzes brilhando, do colorido e do público.

Voltamos para o Palco Mundo, agora para esperar os shows que já iriam começar.


A noite prometia muita música, muita emoção e até um eclipse no céu. A lua surgiu enorme, amarela, linda!


Fogos e música de abertura! Arrepio na alma! Cidade negra invadiu o palco e agitou. Cantamos, dançamos, vibramos.

A chuva inesperada chegou e a mãe aqui não estava preparada. Acredita que não levei capa? Gente, mesmo que a previsão seja de 0% de chuva, se você vai a um evento desse porte com criança, tem que levar capa e outra muda de roupa. Tá certo que já passei dessa fase de levar outra muda de roupa há algum tempo, mas era hora de relembrar, né?

Assim que começou a pingar uma gota aqui e outra ali, eu vi um funcionário trocando o lixo e pedi um saco. Ensaquei as crianças e aí tive tranquilidade para aguardar o primeiro ambulante vendendo. É claro que eles iriam aparecer, mesmo a estrutura não permitindo vendas não oficiais.               


Choveu e choveu muito. Chuva para lavar a alma. Nada de reclamar, o jeito foi tirar proveito da situação e tornar a estreia da Sofia em festivais de música mais emocionante.

A parada dura foi que a chuva forte despencou do céu justamente na hora do show menos empolgante da noite, AlunaGeorge.

Quando o A-Ha entrou no palco eu já nem sentia mais a chuva que parou definitivamente durante o show. Bateu nostalgia! Voltei aos anos 80, relembrei o show na Apoteose e quase fiquei "Crying in the Rain" ao ver a filhota dançando e piscando a luz do celular para a banda que eu fui fã.


Para fechar a noite e superar as expectativas da minha pequena, a Kate Perry entrou no palco, linda, vibrante, fazendo um espetáculo visual de tirar o chapéu mesmo de quem não é fã. As músicas são dançantes e faz o público cantar junto, dançar e soltar gritinhos. A troca de figurino, os cenários, os bailarinos fantasiados, as nuvens de fumaça fizerm a Sofia ir ao delírio, assim como aconteceu com a Ana Luiza na sua estreia no Rock in Rio em 2011.

Voltamos para casa felizes! E eu grata por ter experimentado mais essa emoção. Grata pela maternidade que me estimula, me tira da zona de conforto, me mantém viva e vibrante.


A Autora:
Chris Ferreira

Chris Ferreira

Eu, uma mãe integral mesmo trabalhando em horário comercial, que procura equilibrar os diferentes papéis da mulher com prioridades e alegria.

Acredito que podemos levar a vida a sério, mas de forma divertida e é isto que eu tento mostrar no blog.

Google +

8 comentários:

  1. Se tem uma coisa que a maternidade nos faz é nos mantermos vivas! Eu sei como é a sensação de nunca estarmos envelhecendo, kkk. Nunca pode até parecer exagero mas que demoramos o dobro pra envelhecer isso é verdade

    ResponderExcluir
  2. Querida Chris
    Ser mãe é isso mesmo:em primeiro lugar estão sempre os nossos filhos, neste caso a filha.
    Parabéns,pois valeu mesmo a pena.E as emoções não faltaram!
    Gostei imenso da sua crónica.
    Um beijinho
    Beatriz

    ResponderExcluir
  3. Oi, Chris! Vi o teu blog pelo grupo do ORGblog e me chamou a atenção. Confesso que nunca dei muita bola pra blogs sobre mães e filhos, talvez por eu não estar vivenciando essa fase. Mas achei lindo demais esse post, muito legal a tua atitude de sair da zona de conforto pra fazer a tua filha feliz e, de que quebra, se divertir muito. Deve ter sido uma experiência incrível mesmo. Parabéns por ser uma mãe tão legal e por esse post lindo! :D

    ResponderExcluir
  4. Que legal que vcs foram ao Rock in Rio, eu queria muito ter ido, mas a grana tava bem curta!!! Parabéns por ser essa mãe super descolada!! Beijoo!

    ResponderExcluir
  5. NOssaaaa que delícia de showww, morro de vontade de ir ao Rock in rio, esse ano não deu quem saber em 2017!!!

    www.reinomae.com

    ResponderExcluir
  6. Sonho em ir ao Rock in Rio, espero nos próximos realizar!
    Nesse ano só vi os shows: Magic, Lulu Santos e A-ha

    Bom q Sofia conseguiu te tirar da zona de conforto e 'te levar' pra curtir o RIR esse ano!

    Bjoooooooos
    muitospedacinhosdemim.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Realmente Chris, nós mães sempre procuramos sair da nossa zona de conforto pelos nossos filhos.
    Muito bom o post, sempre tive vontade de ir ao Rock in Rio, quem sabe um dia.
    Um final de semana abençoado a todos vocês,
    A Casa da Mãe Jana

    ResponderExcluir
  8. Que delícia de programa! Adoro!! Pena que não consegui ir esse ano, mas o próximo vamos combinar!!
    bjus

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Pin It button on image hover
▲ Topo