sexta-feira, 4 de outubro de 2019

Teatro - "Mojo Mickybo"



Chegou no meu e-mail o convite para assisti a peça “Mojo Mickybo” que, antes mesmo de eu ler a sinopse e buscar saber do que se tratava o espetáculo, já me interessou.



Primeiro por ter o ator Pedro Henrique que eu já vi várias vezes nos espetáculos “Grande Músicos Para Pequenos” ( "Luiz e Nazinha - Luiz Gonzaga Para Crianças, "O Menino das Marchinhas - Braguinha Para Crianças", "Bituca - Milton Nascimento Para Crianças" e “Tropicalinha – Caetano e Gil Para Crianças) e fiquei curiosa para vê-lo atuar em uma peça adulta, mesmo que com a classificação livre. Segundo por ser no XP Investimentos, teatro que já é conhecido por exibir peças boas. Quando eu li a sinopse de “Mojo Mickybo” aí fique mais convencida ainda de que seria um ótimo programa para o final de semana.

Essa primeira montagem brasileira da peça do premiado autor irlandês Owen McCaferty fala de crianças em um cenário de guerra, violência e como isso vai afetando a inocência delas e minando seus sentimentos e relações. Traz dois meninos de certa de 10 anos, Mojo e Mickybo, que vivem em lados opostos e com realidades distintas, em uma cidade dividia pelo conflito.

O cenário do texto original é o conflito na Irlanda do Norte (também conhecido em inglês como The Troubles) que ocorreu segunda metade do século XX (1960 a 1998). De um lado a população protestante (maioria), em favor de preservar os laços com a Grã-Bretanha, e do outro lado a população católica (minoria), em favor da independência ou da integração da província com a República da Irlanda, ao sul, país predominantemente católico.

Apesar da história ser baseada em um fato ocorrido em outro país e em outro século, a forma como a violência, as desigualdades socioeconômicas e as diferenças culturais afetam a sociedade e as pessoas, especialmente as crianças, é bem atual.

A montagem nacional de “Mojo Mickybo" - texto que já foi encenado em diversos países e já virou até filme “Mickybo and me” (em português, Eternos Heróis) – está muito boa. É impressionante a atuação dos dois atores que interpretam cerca de 12 personagens de forma dinâmica e interessante.

Enquanto os meninos Mojo e Mickybo (um católico e o outro protestante, obcecados pelo filme Butch Cassidy e Sundance Kid) se encontram, brincam, vivem aventuras e fantasias que contrastam totalmente com a realidade que os cerca também experimentam sonhos (entre eles fugir para a Austrália) e realidades afetadas pela violência, polarização e desigualdade entre classes. Entre brincadeiras da infância e seriedades da sociedade a história vai nos mostrando o amadurecimento, endurecimento e perda da inocência desses dois meninos.

Apesar de tratar falar questões pesadas a peça traz reflexões sobre o tema sem tanto peso e com bastante dinamismo. Um ótimo espetáculo!

SERVIÇO:
“Mojo Mickybo”
Temporada: 27/09 a 27/10
Teatro XP Investimentos (no Jockey Club Brasileiro): Av. Bartolomeu Mitre, 1.110 – Leblon
Dias e horários: Sextas e Sábados, 21h; Domingos, 20h
Classificação: 12 anos




Você pode me encontrar também
A Autora:
Chris Ferreira

Chris Ferreira

Eu, uma mãe integral mesmo trabalhando em horário comercial, que procura equilibrar os diferentes papéis da mulher com prioridades e alegria.

Acredito que podemos levar a vida a sério, mas de forma divertida e é isto que eu tento mostrar no blog.

Google +

2 comentários:

  1. Não conhecia, parece interessante! :) Beijinhos
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OI Inês, eu achei bem interessante sim. Também não conhecia história, apesar de já ter sido filme.
      beijos
      Chris

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Pin It button on image hover
▲ Topo