quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Dança aérea essa é a parada



A gente sabe da importância da criança praticar alguma atividade física que ela goste. Desde pequena a Ana Luiza experimentou algumas, mas fora a natação, nenhuma das atividades testadas se tornou uma paixão.

Ela começou a natação com sete meses, comigo dentro da piscina, e esse foi um esporte que ela praticou gostando, com prazer, com vontade de ir, até os 10 anos. Nesse período a Ana Luiza também teve interesse em fazer balé, judô e capoeira. Atividades que ela gostou durante um tempo, mas nenhuma  se tornou aquele esporte pra chamar de meu.

Depois que a natação perdeu a graça começamos a busca por um exercício substituto. Mas qual era a parada da Ana Luiza? Precisávamos descobrir! Retornou ao balé, tentou street dance, pensou em alguma luta, cogitou o tênis e o vôlei, fez handebol e nada da paixão rolar. Até que ela entrou para uma escola de musicais e lá tinha aulas de canto, teatro, dança, sapateado e circo. Foi nas aulas de circo que a Ana Luiza se apaixonou pelo trapézio.





Assim que concluiu o primeiro ano da escola de musicais ela já sabia qual era a parada dela e quis buscar uma aula específica de trapézio. Procura daqui, procura dali até que encontramos a dança aérea e a Ana Luiza encontrou a sua paixão.

A dança aérea normalmente se concentra no tecido acrobático, mas achamos um local em que as aulas de dança aérea contemplam os três aéreos circenses:

- o tecido acrobático onde os movimentos são praticados em um tecido duplo.
- a lira acrobática em que as coreografias são executadas em um aro de metal, uma variação do trapézio.
 - trapézio que é a modalidade mais antiga de aéreo circense e queridinho da Ana Luiza.

Claro que antes conversei com a pediatra sobre essas modalidades de exercícios para saber se tinha alguma restrição médica, se a prática era adequada à idade da Ana Luiza e coisa e tal. E sim, são atividades que podem ser praticadas desde criança, por pessoas de todas as idades (inclusive eu estou pensando seriamente em experimentar) e que trazem muitos benefícios.

A minha preocupação inicial foi porque os aéreos trabalham muito a musculatura e eu sabia que antes dos 16 anos a musculação não é recomendada, mas diferente da musculação a acrobacia aérea trabalha todos os grupamentos musculares ao mesmo tempo. Na musculação cada parte do corpo, como o abdômen, glúteo, braços e pernas são trabalhados separadamente. Já nos aéreos o trabalho muscular é todo executado ao mesmo tempo e não tem aquela repetição da musculação. 

Além de tonificar os músculos, os aéreos trazem vários outros benefícios como o equilíbrio, flexibilidade e correção postural. E queima gordura também! Eu li que duas horas seguidas de prática desses aéreos correspondem a dois dias de treino de musculação, será?

Eu percebo que esse quase um ano de dança aérea trouxe também mais elegância e graciosidade pra Ana Luiza, além de autoconfiança. Ela chega das aulas sempre contente, contando um movimento novo que conseguiu fazer e isso é uma conquista a cada aula, uma superação, um desafio cumprido. Já pra ela o maior benefício é o alívio no estresse do dia a dia dos estudos.

Tá benefícios tem. E os riscos? E o coração da mãe não fica apertado quando vê a filha pendurada lá nas alturas? Fica sim. E claro que me informei sobre tudo isso, né? O risco de quedas existe sim e é prevenido nos próprios movimentos que são executados com traves de segurança. Além disso, tem colchões para amortecer as quedas que acontecem de vez em quando, os professores ficam bem atentos e a evolução nos exercícios é gradual de acordo com a habilidade de cada aluno. Normalmente rolam alguns hematomas, mas nada grave. E às vezes pintam umas dores musculares, mas nada que uma massagem de mãe não resolva.

Fico com frio na barriga sim, mas fico feliz de ver a minha filha tão feliz e realizada porque encontrou a atividade física pra chamar de sua parada.








A Autora:
Chris Ferreira

Chris Ferreira

Eu, uma mãe integral mesmo trabalhando em horário comercial, que procura equilibrar os diferentes papéis da mulher com prioridades e alegria.

Acredito que podemos levar a vida a sério, mas de forma divertida e é isto que eu tento mostrar no blog.

Google +

15 comentários:

  1. NOssa Chris que legal...acho que eu iria amar fazer algo assim...ainda mais que pode equivaler a 2 dias de treinos kkk...Que pena que moro no interior e aqui não tem nada disso... =\ Mas fico feliz que a Ana luiza tenha gostado e se apaixonado por algo...sei da importancia das crianças terem uma paixão e se dedicarem a ela...Bjus

    ResponderExcluir
  2. Chris, adorei o post e cada vez que eu lia, dava mais vontade de me matricular na aula. Dá o serviço aê, tia, dá!!
    Bj.

    ResponderExcluir
  3. Bacana demaaaaaaaaaaaaaais!!!!
    Acho circo lindo! Disciplinador, libertador e com muito trabalho físico!
    Parabéns!
    Tomara que ela tome gosto persista nesta arte!!!!
    Beijão!

    ResponderExcluir
  4. Show!! Fiquei com uma enorme vontade de fazer tambem!!! Bjs
    Marcia

    ResponderExcluir
  5. Adorei, não é a toa que ela gostou, tbm quero fazer...

    Bjos

    ResponderExcluir
  6. Nossa, que legal, que ela encontrou sua parada!! A felicidade do filho é a nossa tb! Essa prática deve fazer um bem danado a ela. Que ela continue assim.
    Bjos,
    http://blogdmulheres.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Muito legal mesmo ... sempre tive vontade de fazer também .. que bom que ela tá feliz ,, isso é que importa! bjs

    ✿*´¨)*
    ¸.•*¸.• ✿´¨).• ✿¨)
    (¸.•´*(¸.•´ Roberta Aquino
    Tal Mãe, Tal Filha Blog

    ResponderExcluir
  8. Hahahahahahah , Muito legal , parece muito interessante ! Nunca tinha visto !

    ResponderExcluir
  9. Nossa Cris que show, tinha uma família circense que eram amigos meus, daí eu sempre quis fazer o que em muitos circos chamam de "Tecido", mas não tive a oportunidade...
    Fico feliz que a Ana tenha encontrado a parada dela.

    Um beijo
    www.amaedadri.com

    ResponderExcluir
  10. Muito legal mesmo , me deu até uma vontade de fazer, se na minha cidade tivesse iria experimentar !! Mais por enquanto continuo só como Teatro mesmo! Bjs

    ResponderExcluir
  11. Chris é uma esporte muito bacana e lindo de se ver. Que bom que ela achou o que gosta, minha filha ainda não achou já fez capoeira, ballet, natação, futebol. ginástica olímpica, violão ufaaaa. Um dia ela acerta rs. beijos lindona

    Joyce
    www;livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  12. Que bacana, adoraria experimentar
    bjcas
    http://www.estou-crescendo.com/

    ResponderExcluir
  13. Nossa, que bacana a escolha dela! Isso me fez lembrar um espetáculo em Buenos Aires de um grupo chamado Fuerza Bruta (imagino que ela já tenha visto sobre). Eles fazem umas cenas aéreas, uma espécie de arte crítica, uma coisa muito bacana mesmo. Vale conferir.

    ResponderExcluir
  14. Olá!
    Adorei esta atividade! Ainda mais que queima caloria pra caramba! Que bom que a sua filha achou o que ela gosta de fazer!

    ResponderExcluir
  15. Nossa que show sabe quem sempre indo em circos eu sempre fui apaixonada por isto também ? Você me deu uma boa ideia ein quem sabe eu não entre também. Beijos

    Universo Feminino Sorteio

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Pin It button on image hover
▲ Topo