terça-feira, 29 de julho de 2014

Exposição A Potência do Objeto - Olhando para baixo - BC Fotos #22

Eu já ouvi muito a frase de que devemos olhar sempre pra frente. Tá certo que aqui se faz a referência ao futuro. Mas eu cada vez me convenço mais de que devemos olhar em todos os sentidos, buscar sempre novos pontos de vista, ampliar nossos horizontes.

E procurando um novo lugar para conhecer eu fui ao Centro de Referência do Artesanato Brasileiro, um endereço até então desconhecido para mim,  ver a exposição "A Potência do Objeto" que reunia peças de artistas populares e artesãos de várias regiões do país.

Leões de Tucunharém, PE - "Figuras totêmicas, assírias, enigmáticas, assim são os leões do Mestre Nuca.".

Assim que entrei nesta primeira instalação eu me surpreendi com a beleza das peças e com a montagem da exposição.

Leões de Tucunharém

Admirei as obras, busquei detalhes e percebi que estava presa ao olhar para frente.

Leões de Tucunharém - Exposição A Potência do Objeto

Então, eu me lembrei do tema proposto pela Dani Moreno para BC de Fotos da semana: olhando para baixo. E assim eu pude desfrutar da exposição com mais um ponto de vista. Olhei as obras de cima para baixo também. E olha que em certas situações eu até viajei, não é que eu vi a sombra do Batman formada por um dos leões?

Leões de Tucunharém - Exposição A Potência do Objeto

Bordados - AL, SE, RN, MG, ES, RJ e SC - "As bordadeiras são mulheres que contam memórias com as linhas.".

Nessa área, olhando para baixo, eu reavivei na minha memória a imagem da minha avó olhando para baixo, para as agulhas de tricô e croché, contando pra mim as suas histórias.


Bonecas da Zezinha - Turmalina, MG - "Mulheres idealizadas em suas perfeições estáticas, impecáveis, manifestando o desejo da pureza, integridade e elegância popular.".

Ao olhar para frente eu pude me surpreender com o conjunto das bonecas enfileiradas.

Bonecas da Zezinha - A Potência do Objeto

Mas ao olhar para baixo eu revi o meu olhar apaixonado e realizado ao amamentar as minhas filhas.

Exposição A Potência do Objeto

Pude sentir a mão tremer ao segurar o buquê de flores.

Exposição A Potência do Objeto

Flores do Cerrado - Samambaia, DF - "Pelas mãos dos artesãos, folhas se transformam em flores, tão delicadas que parecem rendas.".

Flores do Cerrado

A criatividade fez brotar um jardim do clima seco e áspero. As flores feitas com folha-moeda olham para cima e embelezam o nosso olhar para baixo.

Centro de Referência do Artesanato Brasileiro

Luminárias de Ladrilã - Pedras Altas, RS - "O encontro da lã com a luz cria uma atmosfera acolhedora.".

Essas luminárias surpreendem pelo formato, texturas, pelas cores formadas em conjunto com a iluminação e pelas sombras que produzem.

Centro de Referência do Artesanato Brasileiro

Ao olhar para baixo vi a minha sombra que olhava para cima buscando uma outra visão para fotografar.


Varinhas da Conquista - Soure, PA - "Dê de presente a alguém que você ama essa varinha e conquistará para sempre o seu coração.".

O meu coração elas já conquistaram. E olhando além, através delas, podemos enxergar mais longe, podemos olhar para baixo e ver o jardim de flores do cerrado. Podemos reconhecer a riqueza e a diversidade do artesanato brasileiro com objetos que representam a alma e a formação cultural da nossa gente.

Varinhas da Conquista

"A arte existe para que a realidade não nos destrua." - Nietzsche. Esse momento de contemplação da arte brasileira me fez retornar à realidade com mais leveza, alegria e assunto para levar para a família. Buscar um outro olhar me possibilitou aproveitar mais a exposição. Olhei para baixo e enxerguei poesia.

Este post faz parte da BC de Fotos proposta pela Dani Moreno que para esta semana trouxe o tema Olhando para baixo. Venham ver AQUI o que os outros participantes viram ao olhar para baixo.
 


A Autora:
Chris Ferreira

Chris Ferreira

Eu, uma mãe integral mesmo trabalhando em horário comercial, que procura equilibrar os diferentes papéis da mulher com prioridades e alegria.

Acredito que podemos levar a vida a sério, mas de forma divertida e é isto que eu tento mostrar no blog.

Google +

15 comentários:

  1. Oi Chris,

    Lindas fotos! Super interessante!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Que exposição bacana, Chris! Eu ainda não tinha escutado falar, mas me interessei
    Nada como olhar a vida de outros ângulos, lembro que uma vez você falou em relação a isso na BC a semana
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Olaa Chris.. Essa exposição parece ser muito interessante e tem coisas muito bonitas mesmo!!
    Beijinhos, Mady

    http://teensfashionloom.blogspot.pt/2014/07/bc-fotos-olhando-para-baixo.html

    ResponderExcluir
  4. Que ideia interessante a sua olhando de outro angulo e ainda nos brindando com um pouco mais de cultura sobre nossa propria população. PArabens vc acertou em cheio. um beijo da Eliane.

    ResponderExcluir
  5. Adorei as fotos e as esculturas...maravilhoso!
    Temos que ver tudo de pontos de vista diferentes, sempre descobrimos algo novo!
    Bjks Nathy

    ResponderExcluir
  6. Que linda exposição Chris.Lindas imagens.
    Concordo com você quando diz que devemos olhar em todos os sentidos e procurando sempre ampliar os nossos horizontes.
    Adorei a sua participação .
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Quanta sensibilidade,Chris!
    Lindas fotos, comentários cheios de inspiração, adorei!
    Abraço!
    Sonia

    ResponderExcluir
  8. Que fotos mais lindas,Chris! E vc é uma artista tb,pois pegou ângulos diferentes dessa bela exposição,adorei! bjs,

    ResponderExcluir
  9. Nossa Chris que lindo .. estava vendo o post e o Gui estava do meu lado ai ele para mim "Aonde é mãe?" falei que era no Rio ai ele "Ah que pena também queria ir vê os leões"

    Bjs Mi Gobbato
    Espaço das Mamães

    ResponderExcluir
  10. Nossa Chris, que exposição maravilhosa, amei.
    Tudo lindo, perfeito, eu amo exposição.
    Pena que moro em SP.
    Bjs
    Ju.

    ResponderExcluir
  11. Amei as fotos e amei a exposição adoro essas coisas. Beijos

    Universo Feminino

    ResponderExcluir
  12. Pois é amiga, olhar para frente sempre, mas para sabermos aonde queremos ir temos que sempre lembrar por onde passamos. Para compreender nosso presente temos que conhecer nosso passado. Isso é básico. ;)
    Adoro saber sobre a cultura de outros povos, e toda a sua história, não tem graça comer macaxeira sem saber qual sua origem :3
    hehehe Adorei todas as fotos! ;)
    Meu TCC do curso de designer foi sobre Restaurante Mexicano, foquei na região de Yucatán, e trabalhei toda a história, foi maravilhoso conhecer tão profundo. Amei!!!
    Beijinho <3
    www.emnovoestilo.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Que lindo , esses artesanatos estão perfeitos !

    ResponderExcluir
  14. Que legal e lindas exposição .. está no Rio? bjs

    Roberta Aquino
    Tal Mãe, Tal Filha Blog

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Pin It button on image hover
▲ Topo