quinta-feira, 30 de abril de 2015

Confraria sem culpa

Eu recebi um convite do Hotel Hadisson Faria Lima para participar da 6ª Confraria Hadisson de Cervejas Especiais, evento que acontece bimestralmente, lá em São Paulo. Eu já queria ir à terrinha da garoa para resolver umas coisinhas, visitar uma amiga e então, resolvi aceitar o convite.

Mas não foi tão simples assim. Eu estou acostumada a viajar a trabalho e vou na boa. Mas dessa vez me parecia mais lazer do que trabalho, mesmo tendo a questão do evento pelo blog. Aí bateu aquela danada da culpa de mãe. Vale a pena deixar as minhas filhas e ir me divertir?

Em conversa com a minha psicóloga ela colocou a questão da seguinte forma: não é uma exclusão, é apenas um recorte diferente (você sozinha e o pai com as duas) e esses recortes familiares podem e devem ser feitos. Eles são ótimos para se construírem outras dinâmicas familiares. São ótimos para os relacionamentos dentro da família. 

Avaliando esse ponto de vista, que inclusive eu já falei aqui no blog em alguns posts, me joguei sem culpa. 

Afinal, uma viagem por mais rápida que seja nos traz grandes oportunidades de exercitar o olhar.

E foi ótimo! 

Confraria Hadisson de Cervejas Especiais

A proposta do evento era fazer uma viagem ao mundo através das cervejas. Ou seja, pra mim foi uma viagem dentro da viagem. Foram degustadas seis cervejas de origens diferentes: HB Original da Alemanha, Timothy Taylor's Landlord da Inglaterra, Baladin Isaac da Itália, Lindermans Kriek Cuvéé René Grand Cru da Bélgica, Coronado Islander e Speakeasy Prohibition Ale dos EUA.

Confraria Hadisson de Cervejas Especiais

Eu não sou muito fã, nem conhecedora de cerveja, mas estava disposta a experimentar o novo como se estivesse viajando pelo mundo. Quem vai à Alemanha e não experimenta uma cerveja? E sabe que me surpreendi durante o roteiro de degustação? Cheguei a classificar duas delas como excelente: a italiana e a belga. Nada como se permitir, né?

Confraria Hadisson de Cervejas Especiais

Cada um dos seis rótulos de cervejas especiais foi harmonizado com um prato elaborado para ressaltar o sabor. Tudo muito gostoso.
Confraria Hadisson de Cervejas Especiais

Outro ponto bem positivo do evento foi o espaço do evento. Sensacional! O Restaurante Badebec, no 23º andar do Hotel Radisson, com vista 360º da cidade de São Paulo.

Enquanto eu degustava as cervejas tive a oportunidade de conhecer alguns blogueiros de viagem como a Ana Cintia do Travel Book e Selene do blog Do Oiapoque a Nova York. Uma viagem nos possibilita novos encontros e conhecer pessoas novas. E neste caso ainda viajei nas viagens das duas.

Tive a oportunidade de desvirtualizar com a Cris do blog Tok de Mãe e curtir esse sorriso lindo.


E ainda a enorme surpresa de encontrar com as caRIOcas Patrícia Tayão, do Viajar Hei, e a Karla Leal, do Cariocando por aí. E olha que a gente já tentou se encontrar aqui pelo Rio, mas nunca rolava. Nada como uma viagem para trazer o inesperado.


Pra completar a surpresa e a felicidade ficar total, ainda chegou a Pat Papp, uma das amigas virtuais mais antigas e Ana Cristina que escrevia o blog materno Eu com os quatro e hoje escreve o ItaliANA, um blog de viagens com foco na Itália. Nossa, como foi ótimo estar com esse grupo e conversar sobre viagens e sobre a blogosfera materna das antigas.



Por tudo isso foi ótimo eu ter deixado a culpa de lado e me permitido a experimentar o novo, praticar o exercício do olhar, me largar nessa pequena viagem com grandes alegrias. E ainda voltei pra casa cheia de assunto pra trocar com o marido que aprecia uma cervejinha.
A Autora:
Chris Ferreira

Chris Ferreira

Eu, uma mãe integral mesmo trabalhando em horário comercial, que procura equilibrar os diferentes papéis da mulher com prioridades e alegria.

Acredito que podemos levar a vida a sério, mas de forma divertida e é isto que eu tento mostrar no blog.

Google +

10 comentários:

  1. Ser mãe não significa viver 24 hs em função dos filhos não é mesmo? Sempre fiz isso, é bom para as crianças que também precisam de liberdade, é excelente pra família. Conheço apenas 3 dessas cervejas, mas são bem fortes hein, rs bjus e parabéns pela atitude

    ResponderExcluir
  2. Sair um pouquinho do ninho sozinha não é nada mau. Todos sobrevivem e o legal é que fortalece o vínculo de quem fica. E que viagem boa! Não sou fã de cerveja, mas deu até agua na boca...
    Beijo

    querendoserblogueira.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Adorei o blog!

    Quando der passa lá no meu.. bjs

    http://dallegigi.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Que legal, a experiencia deve ter sido mesmo muito boa, sua empolgação foi transmitida em palavras, deixando claro que deixar a culpa de lado foi mesmo o melhor a fazer.
    seguindo
    beijos

    http://vaidadesdecriancas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Ah que delicia!
    Da proxima vez me avisa, vou adorar ver vc de novo!
    Como a gente fica dividida ne? Aqui é a mesma coisa...
    Bjks mil

    ResponderExcluir
  6. Cris, foi uma grata surpresa te encontrar!
    Adorei o post e as fotos!
    Beijos,
    Karla

    ResponderExcluir
  7. Chris,adorei te conhecer por acaso, foi melhor do que se tivéssemos marcado algo! Beijos! Patricia Tayão.

    ResponderExcluir
  8. Filha que bom que você foi e se divertiu com as amigas. Não precisa mesmo sentir culpa porque você é uma excelente mãe e sempre dedicas. Merece ter o seu tempo também.

    ResponderExcluir
  9. Esses encontros inesperados são os melhores.
    Muito bom te ver feliz e sem culpa.
    Com carinho
    Equipe Recanto

    ResponderExcluir
  10. Devia ter me levado c vc. Eu iria sem culpa nenhuma. rs

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Pin It button on image hover
▲ Topo