quinta-feira, 29 de outubro de 2015

Begijnhof, um refúgio no coração de Amsterdam


Amsterdam é uma cidade que encanta e surpreende a todo instante. É importante, além de termos em mente os pontos que queremos conhecer, ficarmos sempre atentos a cada portão, cada entradinha, porque ali atrás pode ter uma grande surpresa. Foi assim com o jardim do Museu do Gato. E foi assim com Begijnhof, o Jardim das Beguinas.


Dicas de passeios em Amsterdam

Saímos do mercado das flores e seguimos caminhando pelo Singel até a Praça Spui.


Bem em frente encontramos uma feira de artesanato bem interessante, mas foi o prédio de tijolinhos à esquerda, depois do "The American Book Center", que chamou a nossa atenção.


Uma entrada comum de um prédio qualquer com algumas pessoas na frente com aquela cara de: entro ou não entro?


Mas prestando a atenção aos detalhes da fachada tivemos a certeza de que deveríamos entrar.


Depois de atravessar um pequeno corredor, nós descobrimos o que se esconde por trás daqueles pequenos prédios. Um espaço verde, tranquilo, cercado de casas bem antigas, um verdadeiro oásis.

O lugar cheio de encanto e de história foi construído em torno de 1346 com o objetivo de servir de moradia para as beguinas, que hoje dão nome ao local. Elas formavam uma ordem católica feminina de viúvas e solteiras, que se dedicava aos trabalhos de caridade junto aos pobres e doentes. As últimas verdadeiras Beguinas viveram ali até a década de 1970.


Dicas de passeios em Amsterdam

Nesse ambiente de paz a gente se esquece da vida, do tempo e da pressa em cumprir o roteiro da viagem.


Logo na entrada eu já fiquei tão encantada tirando fotos neste cenário que me esqueci de virar para trás e fotografar a casa de madeira mais antiga de Amsterdam. Logo eu que fotografo tudo!

No post "Amsterdam dia 4", no blog Maletando, a gente pode ver a imagem. Vale a pena ver o post com as dicas.

 Imagem obtida no blog Maletando

No Begijnhof, além dos jardins cercados pelas casas, a Englese Klerk, uma igreja do século XV toda de tijolinhos, também é um dos atrativos. A Igreja Inglesa foi Católica e, como muitas outras de Amsterdam, tornou-se Protestante durante a Reforma. 

Dicas de passeios em Amsterdam

Mas Begijnhof Kapel, a capela escondida, foi que chamou mais a nossa atenção. Ela fica nas casas 29 e 30 e não tem uma fachada de igreja.

Dicas de passeios em Amsterdam

Foi usada pelas Beguinas durante a perseguição à Igreja Católica.


Depois de passarmos algum tempo nesse refúgio de paz cheio de história no centro de Amsterdam voltamos para as ruas e canais da cidade, revigoradas e cheias de disposição para novas descobertas.

Dicas de passeios em Amsterdam


Atualmente as casas continuam sendo habitadas apenas por mulheres. Pede-se que a visita seja feita com o máximo de silêncio, mantendo a voz baixa. 
Está aberto todos os dias das 9h às 17h.

Outros posts sobre Amsterdam:

Museu do Gato;
Feira Albert Cuyp Markt;
Biblioteca;
Museumplein: uma praça e três museus;
Uma palhinha de Amsterdam.
A Autora:
Chris Ferreira

Chris Ferreira

Eu, uma mãe integral mesmo trabalhando em horário comercial, que procura equilibrar os diferentes papéis da mulher com prioridades e alegria.

Acredito que podemos levar a vida a sério, mas de forma divertida e é isto que eu tento mostrar no blog.

Google +

2 comentários:

  1. Essas viagens nos revigoram não é mesmo? Apaixonada por cada foto

    ResponderExcluir
  2. Seu olhar atento nos transporta para junto de vocês!
    E eu adoro estas "viagens" ao desconhecido.
    Bju

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Pin It button on image hover
▲ Topo