quarta-feira, 18 de outubro de 2017

Livro Infantojuvenil "A Mais Pura Verdade"


Semanalmente eu recebo a sugestão de quatro livros disponíveis na biblioteca do meu trabalho. Nesta semana uma capa, um título

Dica de livro infantojuvenil

e o comentário da obra que vem na orelha do livro me chamaram a atenção.



"A Mais Pura Verdade" é que eu não sabia nada sobre o livro, muito menos que era um infantojuvenil. Percebi isso logo no início da leitura, mas já estava envolvida com Mark e curiosa para saber se alcançaria o topo da montanha ou não. Então, apesar de já estar meio passada para este tipo de leitura, segui em frente com a leitura até para poder indicar para a Sofia.



A história é contada sob dois pontos de vistas: o de Mark, narrada em primeira pessoa e seus capítulos são marcados por quilômetros ainda a serem percorridos, e de Jesse narrada em terceira pessoa e apresentada em meios capítulos.


Justamente pelo fato dos dois personagens serem crianças de 12 anos e o livro ser um infantojuvenil a leitura é fácil, com narrativa fluida e simples. O que me fez ler "A Mais Pura Verdade" do início ao fim, sem parar. Pra falar a verdade, parei algumas vezes para enxugar as lágrimas e me pegar pensando: "a pessoa pega um livro infantojuvenil para ler e fica aqui se debulhando em lágrimas. Pode?".

Pode sim, porque a história emociona. São 217 páginas cheias de sentimentos, dúvidas e questionamentos.





A história de Mark



Mark é um menino de 12 anos que decide partir para uma grande aventura atrás de um sonho. Talvez a última aventura de sua vida, não que ela vá durar muito tempo, e justamente por isso ele precisa fazer isso, mesmo que signifique deixar seus pais para trás e sua melhor amiga.

Parece egoísta e é em muitos momentos. Mas Mark sofre desde os 07 anos com a doença e tratamentos. Somente ele sabe a dor e o medo que enfrenta diariamente. Só ele sabe o quanto já está cansado de perceber o sentimento de piedade das outras pessoas.

Então, decidiu que estava na hora de viver sua última aventura, enfrentar o medo, ir para as montanhas e cumprir a promessa que fez para alguém muito especial.

Mark prepara a mochila com alguns suprimentos,


Beau, seu cachorro, seu grande companheiro de todas as horas. Nos trechos, e são muitos, que faz referência à amizade, fidelidade e companheirismo de Beau, eu pensei muito em nossa Xina e sua amizade com a família, mas principalmente com a Sofia. Algumas lágrimas rolaram nesses trechos.




Um caderno onde escreve seus haikais. Mark e Jesse gostam de trocar bilhetes em haikai, um tipo de poema japonês escrito em três versos, com algumas características e estrutura próprias. A característica do haikai usada por Mark corresponde à estrutura física. No haikai japonês, a forma corresponde a dezessete sons. No haikai brasileiro, ela se refere a dezessete sílabas poéticas, distribuídas em cinco sílabas poéticas no primeiro verso, sete no segundo e cinco no terceiro, sem rimas e sem título. 
Eu gostei dessa brincadeira dos dois.


Uma câmera, que registra os fatos que vão acontecendo, como se fosse um diário para que seja encontrado. No trecho do livro que Mark fala sobre a sua paixão por fotos, eu como mãe me identifiquei. É exatamente essa a sensação que tenho e o motivo pelo qual quero fazer tantas fotos das minhas filhas. Para prender aquele momento, guardá-lo como meu. 


Dica de livro infantojuvenil


Durante a sua aventura, Mark enfrenta com muita coragem e determinação os problemas e dificuldades. Por outro lado também encontra pessoas que o ajudam.

Um livro que fala de sentimentos como medo, raiva, dor, mas fala também de amizade, amor, coragem e determinação. Uma boa leitura tanto para crianças de 12 a 14 anos, quanto para adultos que queiram uma leitura leve e estejam com vontade de derramar algumas lágrimas.




Você pode me encontrar também


A Autora:
Chris Ferreira

Chris Ferreira

Eu, uma mãe integral mesmo trabalhando em horário comercial, que procura equilibrar os diferentes papéis da mulher com prioridades e alegria.

Acredito que podemos levar a vida a sério, mas de forma divertida e é isto que eu tento mostrar no blog.

Google +

2 comentários:

  1. Fiquei muito curiosa com a história, vou procurar pra ler!

    ResponderExcluir
  2. Que delícia estas dicas de leitura... eu sou apaixonada por livros e meu filho está indo no mesmo caminho! Adorei... anotado! bjo

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Pin It button on image hover
▲ Topo