quarta-feira, 30 de janeiro de 2019

Exposição "Antártica - Quando nem tudo era gelo", primeira após o incêndio

"Antártica - Quando nem tudo era gelo", primeira exposição do Museu Nacional após o incêndio, está em cartaz no Museu e Centro Cultural Casa da Moeda, na Praça da República.

Museu Nacional inaugura primeira exposição após o incêndio

O atual Museu e Centro Cultural Casa da Moeda já foi no passado o que seria o nosso Museu Nacional que tinha nome de Museu Real. Contei isso no post Museu e Centro Cultural Casa da Moeda Brasil. E hoje ele empresta as suas instalações para o nosso Museu Nacional se manter vivo. 


Exposição "Antártica - Quando nem tudo era gelo" Museu Nacional

Na época do incêndio, em setembro de 2018, a mostra já estava praticamente pronta, pois iria inaugurar no mês seguinte. Por causa do fogo apenas 5% do acervo está exposto. Mas vale muito a pena a visita tanto pela exposição em si, pelo local que abriga outras exposições, pelo trabalho realizado, quanto pelo incentivo ao Museu Nacional.

Já na entrada um mosassauro enorme está prestes a abocanhar um tubarão bem sobre as nossas cabeças. É uma réplica do filme “Jurassic world”.



A mostra “Quando nem tudo era gelo”, que traz os resultados das quatro expedições dos pesquisadores do Museu Nacional ao continente antártico contando um pouco da época em que a Antártica tinha acabado de se separar da América do Sul e ainda não era tão gelado e abrigava fauna e flora exuberante.


Exposição "Antártica - Quando nem tudo era gelo" do Museu Nacional

O espaço traz um pouco da vida dos pesquisadores com barracas de acampamento nas quais o visitante pode entrar (as crianças adoram essa parte), o quadriciclo que ele utilizam para se locomover. Neste o visitante também pode sentar. Só não pode sair pilotando. Essa parte é para ficar na imaginação mesmo. 

Primeira exposição do Museu Nacional após o incendio


Diversos fósseis de vegetais peixes, lagostas, osso de pterossauro, moluscos que possuíam conchas bem características. Durante a visita até somos convidados a tocar em nesses fósseis para sentir essas características nas pontas dos dedos.

Primeira exposição do Museu Nacional após o incendio

Passeando pelas duas salas geladas podemos nos surpreender ao nos depararmos com a réplica de um plesiossauro, um réptil marinho que viveu na Antártica há 80 milhões de anos.

Primeira exposição do Museu Nacional após o incendio

E também com animais fofinhos mais atuais.

Primeira exposição do Museu Nacional após o incendio

A exposição é gratuita. Fica em cartaz até 17 de maio e pode ser visitada de terça a sábado das 10h às 16h e aos domingos das 10h às 15h.

Vale a pena visitar também as outras duas exposições em cartaz no  Museu e Centro Cultural da Casa da Moeda do Brasil: "Acervo Histórico", que mostrei um pouco no post sobre Museu e Centro Cultural Casa da Moeda, e "Nota Real" sobre a nossa moeda. 

Serviço: Museu e Centro Cultural da Casa da Moeda do Brasil
Pç. da República, 26
Rio de Janeiro, RJ
20211-351
Brasil




Você pode me encontrar também
A Autora:
Chris Ferreira

Chris Ferreira

Eu, uma mãe integral mesmo trabalhando em horário comercial, que procura equilibrar os diferentes papéis da mulher com prioridades e alegria.

Acredito que podemos levar a vida a sério, mas de forma divertida e é isto que eu tento mostrar no blog.

Google +

9 comentários:

  1. Que maravilha !!! Confesso que no começo da leitura fiquei com lágrimas nos olhos, em lembrar da tragédia do incêndio ... quanta tristeza e perdas irreparáveis. Este por si só já é um grande motivo para visitar a exposição, mas depois vi que vai muito além , ela está bem atrativa mesmo. Beijos e obrigada pela dica. Regina

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Reginq, acho que só pelo fato de parte da exposição ter sobrevivido já merece ser muito visitada sim. Mas ela realmente está muito.legal, apesar de ter apenas 5% do que teria. Vale a pena incentivar o trabalho e também aprender com esses pesquisadores.
      Beijos
      Chris

      Excluir
  2. Que bom ver essa exposição. Está tudo lindo, encantador.
    Apesar do ocorrido, precisamos continuar... As perdas são irreparáveis, mas precisamos continuar e melhorar ainda mais os cuidados...
    Tudo lindo, amei.
    Se pudesse iria com certeza!
    Beijos
    Ju

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Juliana, é isso. A exposição mostra muito mais do que uma exposição normal. Mostra a sobrevivência, o se reerguer e seguir em frente
      Beijos
      Chris

      Excluir
  3. Já anotei pq quero ver a exposição.
    Vou nem que seja sozinha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sabe que muitas vezes eu vou sozinha mesmo?! Agora com a minha adolescente ela nem.sempre encara esses programas mais culturais. Aí eu voubsozinha e depois mostro o que ela perdeu. Kkk
      Beijos
      Chris

      Excluir
    2. Muitas vezes eu vou sozinha mesmo. A minha adolescente anda fugindo desses programas mais culturais. Ô fase... Aí eu vou, faço fotos e depois mostro o que ela perdeu. Kkk
      Beijos
      Chris

      Excluir
  4. Nossa, Chris! É emocionante saber que eles se recuperaram tão bem depois de tudo!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Pin It button on image hover
▲ Topo