quarta-feira, 29 de junho de 2016

6 séries para ver com filhos adolescentes



Os filhos vão ficando adolescentes e começam a ficar mais tempo em seus quartos, buscam um certo isolamento, se interessam pouco pelos programas que os pais propõem, e coisa tal. Tudo normal. Esse afastamento é natural, é assim que nossos “nem tão pequenos assim" vão testando a própria independência e autonomia. Tá, mas é normal também que nós pais fiquemos com aquela saudade de ter filhos bem grudados em nós, fazendo coisas juntos. Uma boa alternativa é buscar nos interessarmos pelos interesses deles, mas no limite para termos assunto em comum e momento juntos. Afinal a gente precisa entender esse momento de transição, essa necessidade de afastamento e dar a liberdade (claro, que dentro dos limites) que eles precisam para a construção da identidade própria.

Aqui em casa as minhas filhas amam séries. Vira e mexe, quando eu me dou conta, estamos todos na sala, mas cada filha está com o seu fone no ouvido e seu note no colo vendo uma série diferente. Outro dia estávamos os quatro juntos na sala, mas completamente “ausentes”. O pai vendo uma série na TV, cada filha assistindo a sua série em seu notebook, e eu lendo um livro.

Já que elas gostam de séries, eu que não curto muito, procurei me interessar por algumas com o objetivo de passarmos mais tempo realmente juntas, termos mais um assunto em comum e assim trocarmos algumas ideias, opiniões, pontos de vista, e nos divertirmos também.

Fica aqui a seleção de cinco séries que vimos juntas e gostamos:



1 – Dance Academy

Essa é uma série com uma proposta bem teen que mistura as questões vividas durante a adolescência com os desafios de quem se dedica à dança. São três temporadas e 65 episódios de 20 minutos cada, que gira em torno de Tara, uma adolescente de 16 anos do interior da Austrália que realiza o sonho de ser aceita em uma renomada academia de dança. A partir daí ela começa a enfrentar as dificuldades para conquistar seu espaço.
É uma série despretensiosa e até ingênua, mas eu adorei. Tipo viciei mesmo.





2 - Pretty Little Liars

Essa é famosinha e baseada na série de livros da americana Sara Shepard. Conta a história de cinco amigas que passam a noite juntas e uma delas some sem deixar rastros. Um ano depois, as amigas se reencontram e passam a receber mensagens com ameaças e segredos que só a amiga desaparecida saberia. A partir desse ponto as amigas têm suas vidas transformadas e passam a perseguir pistas para descobrirem o que realmente aconteceu com Alisson e quem está por trás das mensagens, ameaças e acontecimentos.

Eu já tinha visto algumas temporadas com a Ana Luiza que leu os livros (1. Pretty Little Liars – 2. Flawless – 3. Perfect – 4. Unbelievable – 5. Wicked – 6. Killer – 7. Heartless – 8. Wanted). Agora estamos revendo junto com a Sofia.

Gente, é muito suspense! Eu levo um susto atrás do outro.




3 - Glee

Eu adoro essa comédia musical! Essa conta a história de um grupo de dança e canto conhecido como Glee. O grupo é formado pelos “imperfeitos” da escola fictícia William McKinley High School em Lima, Ohio.

O ponto legal dessa série é que, além de abordar questões de diversidade e aceitação, traz músicas das antigas. Foi com essa série que a Ana Luiza passou a conhecer Rolling Stones, entre outros grupos.

Quando o ator Cory Monteith que vive o personagem Finn, um quarterback que parece astro de cinema, faleceu a Ana Luiza ficou tão triste que não conseguiu mais ver a série. Achou que perdeu a graça.




4 - Once Upon a Time

Só por ter os personagens dos contos de fadas já desperta o interesse. Melhor ainda é vê-los sem seus finais felizes e em papéis mais reais, mesmo que com um toque de magia. Nesta versão seriada dos contos de fada a Rainha Má se deu bem. Enviou todas as pessoas do mundo encantado para uma pequena cidade chamada Storybrook. É lá que a Branca de Neve vive como uma professora primária chamada Mary. Mas antes de os personagens dos contos de fadas serem “confinados” em Storybrook, a Branca de Neve e o Príncipe Encantado salvam a própria filha. Para melhorar, a Branca de Neve não é apenas mãe. Ela é avô! A sua filha Emma Swan que foi enviada ao mundo dos mortais para ser adotada e criada sem saber nada do seu passado, engravidou. Teve um menino aos 18 anos e o colocou para adoção. Mas adivinhem só quem adotou o menino Henry? Nada mais, nada menos do que a Rainha Má. E é através do menino que Emma vai cumprir o seu destino de salvar o mundo da magia das mãos da Rainha Má.




5 - Modern Family

Uma série de comédia que mostra a vida da família Pritchett. Tem o pai Jay que se casou com a bonitona, Gloria, que trouxe um agregado para a família, o pré-adolescente Manny. A filha mais velha de Jay, Claire, é casada com o pai de seus três filhos (que tira onda de “pai gente boa”): uma adolescente que está “naquela fase”, uma menina meio intelectual e um menino mais novo e meio esquisitão. E Mitchel, o filho mais novo de Jay, que é casado com Cameron, formando um casal gay que adota uma bebê vietnamita.





6 - H2O Garotas Sereias


Essa é a mais infantil das seis séries que falei aqui. É muito fofa e as meninas amam. Eu vi com a Ana Luiza, na época no canal Boomerang, e depois revi com a Sofia já na Netflix. Conta a história das três amigas - Cleo, Rikki (que aqui ganhou o nome de Drica) e Emma (no Brasil, Nanda). Um belo dia as três resolvem explorar a selvagem e deserta Ilha de Mako. É lá que a Lua provoca uma enorme mudança na vida dessas garotas de 16 anos, as transforma em sereias com habilidades especiais: Emma consegue congelar a água; já a Rikki é capaz de fervê-la e Cleo pode movê-la.

A série tem três temporadas e é cheia de aventuras que se desenrolam entre muitos peixes e golfinhos.


Ooops! 


Foi muito bom assistir a essas séries com as minhas filhas, mesmo para mim que não sou chegada a esse tipo de programa. Mas quem resiste a ficar perto das filhas e ainda com uma bacia de pipoca no colo?
A Autora:
Chris Ferreira

Chris Ferreira

Eu, uma mãe integral mesmo trabalhando em horário comercial, que procura equilibrar os diferentes papéis da mulher com prioridades e alegria.

Acredito que podemos levar a vida a sério, mas de forma divertida e é isto que eu tento mostrar no blog.

Google +

7 comentários:

  1. Oi Chris
    Eu assistia PLL mas fiquei chateada com a série, aí parei no início da 3ª temporada
    Glee eu amoooooooo
    Comecei a assistir Once upon a time mas parei tb, ando sem 'cabeça', Arthur ainda n dorme a noite toda então fico sem coragem de encarar uma série...
    Já ouvi falar bem demais de Modern Family, um dia qd eu voltar a ver séries, qro vê-la!

    Bjooos
    muitospedacinhosdemim.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Uma delas eu assisto e tô doida esperando a próxima temporada, ahahahaah
    Excelentes dicas!

    ResponderExcluir
  3. Aqui, meus baby de 7 e 10 anos amam Once Upon a time, e gostam até do legendado, eu já trintona vi glee até o final, triste a perda do Finn, mas a série continuou ótima. As outras não conheciam.. bjkas
    www.contatudocacau.com

    ResponderExcluir
  4. Adorei as dicas e confesso que gosto de várias dessa lista.... Acho que sou uma adolescente hahahahahah

    ResponderExcluir
  5. Adorava quando tinha programas de tv para curtir com a minha mãe, bem legal as dicas!
    bj,
    Alê

    ResponderExcluir
  6. Adorei as dicas!
    Pode ser para a mae ver sozinha tb ne?
    hahah
    bjs
    Lele

    ResponderExcluir
  7. Eu assisto Glee e Once Upon a Time, vou dar uma olhadinha nas outras sugestões!
    Amei a montagem!
    Beijos!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Pin It button on image hover
▲ Topo