quinta-feira, 22 de setembro de 2016

Jardim Botânico - Jardim Japonês



Ontem foi  Dia da Árvore e ao me lembrar disso me bateu uma vontade louca de passear pelo Jardim Botânico que é a morada de diversos tipos de árvores. Que não conhece a fama das Palmeiras Imperiais e dos Jambeiros?

Eu fiquei pensando no deleite que é passear naquelas alamedas, entre as árvores enormes, o ar fresco que as sombras das árvores proporcionam, um verdadeiro oásis dentro da cidade, um lugar perfeito para fugir da correria urbana, um local para descansar a mente.

Juro que me peguei de olhos fechados viajando nesse cenário e me vi entrando no oásis dentro do oásis, o Jardim Japonês do Jardim Botânico do Rio.



Esse cantinho em especial me encanta e traz ótimas recordações.



É uma delícia chegar ali e caminhar pelo caminho de pedrinhas ouvindo o barulho que elas fazem ao encontrarem os nossos passos.


A fonte de água quebra suavemente o silêncio e traz uma sensação de calma ao ambiente. Lá tem também algumas lanternas tão características desses jardins. As mais típicas são chamadas de Yukimi e surgem sob forma de casinhas que a Sofia diz que são casinhas dos Smurfs.

Sabe que essas lanternas têm um significado? Elas simbolizam o fogo e a luz, e têm a função de clarear  a mente de quem passeia pelo jardim e promover a iluminação espiritual.




A cascata e o pequeno córrego que alimentam o lago (que representa o mar interior) são lindos e dão uma sensação de paz indescritível.



No lago, as carpas nadam e colorem a água. É sempre um encanto ficar olhando para elas. Como tudo nos jardins japoneses elas também possuem um significado: são símbolos de fertilidade e prosperidade.


A ponte vermelha e arredondada é linda, charmosa e parece que nos chama para a atravessarmos.Acho que essa vontade de atravessar a ponte está mais ligada ao significado dela do que simplesmente à beleza. Para os japoneses a ponte sobre a água significa significa a evolução para um nível espiritual mais elevado e o autoconhecimento.


E as árvores que ali estão? Lindas, lindas, lindas! Nos jardins japoneses elas representam o silêncio e a eternidade.



O Jardim Seco ou Jardim Zen feito de areia branca, que representa o mar, e pedras que representam as ilhas. Ficar ali olhando para ele me dá uma vontade enorme de pegar um ancinho e ficar fazendo os caminhos ondulados. É um convite à meditação.

As cercas são de bambu com amarrações, elas protegem e marcam os ambientes de forma harmoniosa.


O caminho de pedras, que a Ana Luiza quando pequena achava que era o caminho dos sete anões para a mina, não está ali apenas para decoração, apesar de já fazer esse papel muito bem. 
Esse tipo de caminho feito com pedras maiores, um pouco afastadas e ligeiramente irregulares se chama Tobiishi tem a função de nos obrigar a prestar atenção à caminhada e dessa forma ficarmos mais presentes, concentrados no momento e deixando de parte os problemas cotidianos.

Sério, eu nem preciso andar por essas pedras para deixar o cotidiano, com ou sem problemas, esquecido. Basta entrar nesse jardim que já me desligo.




Essa área de madeira que eu não sei o nome, me parece um coreto, uma pérgula, sei lá, é superagradável e tem banquinhos que dão vontade de ficar ali sentada contemplando a natureza, ouvindo o barulho da água e das carpas nadando no lago.

O Jardim Japonês do Jardim Botânico do Rio é mais do que uma área de lazer. É um espaço de harmonia, calma e procura espiritual como é a proposta de todos os jardins japoneses.

Agora um momento Recordar é Viver:

Das boas lembranças do Jardim Japonês...




Outros cantos do Jardim Botânico do Rio de Janeiro:

- Caminho da Mata Atlântica;
- Alameda do Jambeiro;
- Coleção Temática de Plantas Medicinais;
- Cactário;
- Jardim Botânico e Floresta da Tijuca.
A Autora:
Chris Ferreira

Chris Ferreira

Eu, uma mãe integral mesmo trabalhando em horário comercial, que procura equilibrar os diferentes papéis da mulher com prioridades e alegria.

Acredito que podemos levar a vida a sério, mas de forma divertida e é isto que eu tento mostrar no blog.

Google +

8 comentários:

  1. Que lugar lindo e tranquilo!!Dá vontade de passar horas nele!!
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Simplesmente amo o Jardim Japonês! Tenho belíssimas fotos ai!

    ResponderExcluir
  3. Esse sim é um dos meus preferidos aqui no Rio. Um passeio imperdível

    ResponderExcluir
  4. Boa noite, querida Chris!
    To com vontade de fazer esse passeio qualquer dia... faz um bom tempo que não vou lá...
    Bjm muito fraterno e primaveril

    ResponderExcluir
  5. Que lindo!!! Aqui em Jundiaí também temos um Jardim japonês no parque da Cidade e é perfeito!!!! ÓTIMO para ler um livro e relaxar! <3

    ResponderExcluir
  6. Que delícia Chris, lindo o lugar, fiquei com vontade de fazer esse passeio tbm

    Bjs MI Gobbato @espacodasmamaes

    ResponderExcluir
  7. Que lugar mais lindo. Vai para a coleção dos lugares que quero visitar. Amei o post 💋💋💋

    ResponderExcluir
  8. Que lugar lindo! Encantador eu amo passeios assim! Adorei

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Pin It button on image hover
▲ Topo