quinta-feira, 17 de novembro de 2016

Exposição The Art of The Brick - Museu Histórico Nacional

Inaugurou hoje, 17 de novembro, no Museu Histórico Nacional, a exposição "The art of the brick", do brick artist americano Nathan Sawaya.


A primeira vez que eu vi uma obra de Nathan Sawaya foi na Biblioteca Pública de Nova York e fiquei encantada. É claro que assim que eu soube que teríamos uma exposição dele aqui no Rio, fiquei aguardando ansiosamente. Então, hoje, no primeiro dia da "Arte de Criar com Lego" eu estava lá. 

Fui sem as filhas para poder fazer todas as fotos que eu quisesse. Sabe como é, essa fase de adolescente elas não têm a menor paciência para fotos. Agora que já fotografei bastante e com muita calma, irei com elas. 

Mesmo a minha expectativa sendo alta, a exposição me surpreendeu muito positivamente. Foi melhor do que eu esperava. 



Também pudera, né? São 80 obras criadas com mais de um milhão de peças de Lego!



Peças coloridas, cheias de detalhes e que permitem bastante interação.




E diversão.




As peças são tão perfeitas que vale a pena chegar bem perto e observar as expressões.


É de pirar! Às vezes precisamos chegar bem pertinho para nos lembrarmos de que são mesmo construídas de lego.





Os títulos e descrições das obras são superinteressantes. Abaixo a obra "Olhe, pare e viva". Para este título, Nathan Sawaya inspirou-se no slogan ensinado na escola para que as crianças se lembrassem de como atravessar as ruas. Ele sempre imaginava os semáforos como rostos que nos observavam e protegiam para que todos chegássemos em casa sãos e salvos.


Os dizeres ao longo da exposição também são bem legais e inspiradores.


Aí quando você já está de queixo caído, achando que já está ficando acostumado com a grandiosidade e detalhes das peças, você chega à sala do dinossauro e se surpreende mais.

Dinossauro na exposição The art of the brick

Mas te deixar de queixo caído e surpreso é pouco. O artista quer mesmo é te deixar sem fôlego.

Exposição The art of the brick no Museu Histórico Nacional

Foi assim que me senti quando cheguei à sala dedicada somente às reproduções de obras consagradas.
Uma viagem! Olha só esse trio aí em cima, "Vênus de Milo", "Augusto de Prima Porta" e "David" de Michelangelo. É uma viagem a Paris e à Itália

Me senti no Louvre ao me deparar com a "Vênus de Milo", de Alexandros de Antioquia, em peças de lego, a “Mona Lisa” de Leonardo da Vinci e a "Vitória de Santocrácia. Dei um pulinho no Museu Rodin quando encontrei as versão em bloquinhos de “O Pensador”.
E ainda tem "O Grito" de Edward Munch,  “Moça com o Brinco de Pérola” de Johannes Vermeer, entre outros ícones da arte.

“Moça com o Brinco de Pérola” - The art of the brick


 Depois de tanto impacto é bom dar uma relaxada nos bancos em forma de lego.



A exposição finaliza com a obra que está na divulgação.

The art of the brick no Museu Histórico Nacional


Na saída tem uma lojinha de deixar a gente doida e uma área para pirar as crianças. São duas bancadas enormes cheias de pecinhas para as crianças maiores, uma bancada mais baixa para os menores e alguns terminais com jogos digitais.

The art of the brick

Para concluir, a exposição é imperdível e vai enlouquecer os visitantes de todas as idades.

The art of the brick

Vai lá, se jogue, brinque, divirta-se com as obras, imite as poses e seja feliz!

A compra dos ingressos é pela internet no site: The Art of The Brick (é só clicar no link e escolher a data).



Museu Histórico Nacional


Endereço: Praça Mal. Âncora, s/nº - Centro, Rio de Janeiro - RJ, 20021-200

O MHN está com novo horário de funcionamento desde o dia primeiro de novembro:
sábados, domingos e feriados - das 13h às 17h;
terça a sexta-feira das 10h às 17h30.
O valor do ingresso individual (inteiro) é de R$ 10 de terça a sábado.
Aos domingos, a entrada é gratuita a todos os públicos.

A Autora:
Chris Ferreira

Chris Ferreira

Eu, uma mãe integral mesmo trabalhando em horário comercial, que procura equilibrar os diferentes papéis da mulher com prioridades e alegria.

Acredito que podemos levar a vida a sério, mas de forma divertida e é isto que eu tento mostrar no blog.

Google +

5 comentários:

  1. Ai que demais Chris fiquei doida pra ir na exposição!
    Amei suas fotos, bjs

    ResponderExcluir
  2. Tivemos qui em SP e eu não fui. Queria muito ter levado o Ben que certeza amaria. Quem sabe visito meu pai no Rio e pego a exposição aí?!

    ResponderExcluir
  3. As obras são lindíssimas.
    Uma mais espetacular que a outra.
    Filho iria pirar nestas duas bancadas com peças, ficaria horas tentando convencer a ir embora.

    Bjs
    Vivi

    ResponderExcluir
  4. Uma pena que não consegui visitar aqui em São Paulo. E vendo suas fotos, vejo o tanto que perdi. Bjs

    ResponderExcluir
  5. Chis querida
    Eu amo museus e exposições!
    Esta, infelizmente não consegui ver. Uma pena, pois amamos Lego
    Bjks mil

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Pin It button on image hover
▲ Topo