quarta-feira, 9 de novembro de 2016

Prós e contras do uso musical.ly para crianças


Estavam as minhas duas filhas no quarto, juntas, rindo, dançando, aprendendo coreografias, na maior amizade. Coisa linda de ver. O tipo de coisa que toda mãe deseja ver. Fui lá espiar esse momento e babar de alegria e orgulho.

Observei que o celular estava ali gravando algo. E era isso mesmo. Elas estavam fazendo vídeos para o perfil musical.ly da Sofia.



Tá e o que é esse aplicativo que está megapop entre os tweens e os teens?

É aplicativo só de música e vídeo, neles os musers podem dublar suas top musics, fazer vídeos divertidos e incrementá-los com filtros shows de bola.

Incrível, né? Uma ótima ferramenta para se expressarem de maneiras criativas. A tecnologia incentivando e estimulando adolescentes a se tornarem produtores, criadores de conteúdo, cinegrafistas e coreógrafos. Além de estimularem a criatividade, ainda movimentam o corpo, já que estão dançando e estão conectados com a música. São apenas 15 segundos de vídeo, mas muito bem explorados sincronizando os lábios com a música, fazendo caras e bocas e mímicas. Superdivertido! Incrível!

E ainda podem compartilhar tudo isso nas principais redes sociais. Aliás, o próprio musical.ly é mais uma rede social. Ali nos perfis das crianças e adolescentes eles têm fãs, recebem curtidas e comentários.


Aí a mãe aqui acende aquela bandeirola vermelha e vai investigar o tal aplicativo maravilha, sentir o alerto dos perigos e prevenir, é claro. 

Só que não dá para ir entrando de sola. Tem que conhecer antes, né? Participar, brincar, arriscar uma coreografia junto com as filhas e dar risadas. 

Depois disso vamos olhar o aplicativo queridinho com os olhos de segurança de pais atentos:

- O aplicativo não é projetado especificamente para crianças, logo tem conteúdo adulto dentro de seu recurso de pesquisa.

- Apesar de sinalizar em seu termo de serviço que o aplicativo não é permitido para usuários com menos de 13 anos, o aplicativo não pergunta nem exibe a idade dos usuários. Logos as crianças criam as contas tranquilamente.

- As contas são criadas automaticamente como públicas. É importante ficarmos de olho e alterarmos esta configuração. Nos perfis privados somente os seguidores aprovados podem ver as publicações.

  • Vá para o perfil através do ícone da cabeça no canto inferior esquerdo e toque no ícone de roda dentada no canto superior direito. 



  • Selecione "configurações" e role até a função "conta particular".


- Contas públicas podem ser vistas, acessadas e seguidas por qualquer um, inclusive muitas contas de conteúdo adulto. Podem levar ao cyberbullying e comentários inadequados. Neste caso podemos bloquear os perfis indesejados.


  • Para bloquear um usuário indesejado, vá para o perfil do infeliz, pressione no "..." no canto superior direito e selecione "bloquear este usuário". Você pode desbloquear um usuário no mesmo menu.
Nada contra a Selena Gomez, não. Foi só ilustração.


- Mesmo com as contas privadas através da busca as crianças podem chegar a conteúdos adultos. É preciso ficar atento.

- Letras de músicas também podem ser uma preocupação para os pais, pois algumas contêm letras brutas, sexuais, com linguagem e insinuações adultas. O ideal é conversar com os filhos sobre as escolhas das músicas.

- Outro ponto são as coreografias. Muitas crianças querem fazer os vídeos imitando as danças das divas mais pops da música e estas podem ser danças com apelos sensuais. Cada família é diferente e pode ter algumas que não achem isso muito legal. Vale estar atento e alinhar as danças aos valores da família.

Embora cada família seja diferente e os níveis de confiança variem de acordo com a idade e a maturidade, aqui em casa eu vi mais prós do que contras e, por enquanto, vamos seguir nos divertindo no musical.ly e monitorando bem de perto. Nem que para isso eu tenha que fazer uma aparição em alguns vídeos. Mas é importante ficar o alerta de que não é um aplicativo para crianças.






A Autora:
Chris Ferreira

Chris Ferreira

Eu, uma mãe integral mesmo trabalhando em horário comercial, que procura equilibrar os diferentes papéis da mulher com prioridades e alegria.

Acredito que podemos levar a vida a sério, mas de forma divertida e é isto que eu tento mostrar no blog.

Google +

6 comentários:

  1. Sempre bom monitorar o que os filhos estão fazendo porque por mais inofensivo que pareça o aplicativo tem sempre prós e contras né? E que bom que vc trouxe a resenha do app para informar os pais .

    ResponderExcluir
  2. Não conhecia esse app, mas é sempre bom ficar de olho no que os filhos estão fazendo. Conhecer antes é bem legal. ótima a sua atitude. Isso dá até segurança para conversar com os filho sobre o asssunto.

    ResponderExcluir
  3. Que dica bacana. Confesso que não conhecia esse app.

    http://www.arianebaldassin.com/

    ResponderExcluir
  4. Não conhecia o app
    Vou baixar e testar
    Super dicas Chris
    Bjs
    Lele

    ResponderExcluir
  5. Chris, veio em ótima hora seu post! Minhas meninas estão na mesma onda aqui e agora com seu alerta vou lá conferir as configurações.

    Obrigada!!!

    Clau

    ResponderExcluir
  6. Alguém sabe me informar como se aceita convite de amizade em conta privada?

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Pin It button on image hover
▲ Topo