terça-feira, 13 de dezembro de 2016

Filme "Minha Mãe é Uma Peça 2"



Eu estive na cabine de imprensa do filme "Minha Mãe é Uma Peça 2" que estreia nas telonas em 22 de dezembro.




Já vou adiantando que ri demais.

Dessa vez a Dona Hermínia (Paulo Gustavo) está melhor ainda. Continua com seu jeitão engraçado, divertido, sem papas na língua, nervosa, sempre a beira de um ataque de nervos como nós mães nos sentimos várias vezes. Mesmo assim ela está mais arrumada, bem sucedida como apresentadora de TV, de alguma forma se cuidando mais. Está mais mulher multitarefada que desempenha vários papeis, como mãe, profissional, dona de casa, irmã, sobrinha.

Assim, Dona Hermínia conseguiu criar um identificação ainda maior com o espectador trazendo histórias como a mãe que se divide entre a vida profissional e os filhos. Me vi totalmente na cena de Dona Hermínia precisando entrar em cena e pendurada com os filhos ao telefone. Igualzinha a mim correndo para reunião e resolvendo problemas das filhas ao telefone. 

Gente, e quando Dona Hermínia traz para o seu programa uma guru Zen para dar ajudar as mães a ficarem menos estressadas?! A primeira orientação da Zen é procurar um lugar tranquilo em casa para meditar. Como assim um lugar tranquilo em casa? Quem é mãe sabe que isso não existe. Me vi no banheiro cercada pelas três filhas (Ana Luiza, Sofia e Xina. É até a Xina me acompanha nessas horas.)

Nesta continuação, a mãe mais hilária que existe, ainda tem que lidar com outros dilemas:

- a filha Marcelina (Mariana Xavier) decide ser atriz. E o pior? Em São Paulo! E o pior? Dividir o apartamento com os amigos. Amigos não, uma galera muito esquisita.
- o filho Juliano (Rodrigo Pandolfo) diz que é bissexual. Como assim? Dona Hermínia fica muito confusa com a situação e não quer correr o risco de ter mais uma nora.
- o neto lindo, fofo e bagunceiro, filho de Garib (Bruno Bebianno), vem de Brasília para fazer uma visitinha em meio a toda essa confusão.
- como se não bastasse, a sua irmã Lucia Helena (Patricya Travassos), que mora há anos em Nova York, resolve baixar em terras niteroienses.
- e claro que tem o ex-marido Carlos Alberto (Herson Capri) que ajuda pouco, atrapalha muito e ainda resolve dar uma assombrada básica na vida sentimental da Dona Hermínia.

Vi também uma Dona Hermínia mais humana lidando com a doença da tia e com a síndrome do ninho vazio já que Marcelina e Juliano saíram de casa para seguir na vida profissional; ele como advogado e ela, uma atriz de sucesso. E é claro que rolou aquela identificação dessa mamãe que vos escreve neste momento. Ai meu Deus! A minha hora vai chegar! E quantas vezes nós mães nos pegamos com o coração dividido, com sentimentos conflitantes, como a alegria e o orgulho de ver os filhos crescendo e conquistando seus espaços, e a saudade de quando eram pequenos? 

Gostei como o filme tratou com situações familiares problemáticas de um forma leve, engraçada, criando uma familiaridade com o espectador e fazendo eu me senti uma mãe mais normal. É bom quando a gente sabe que certas coisas não rolam só com a gente, né? Que outras mães também se perguntam "Onde eu errei?" por mais que se esforcem para acertar sempre.



E no final, nos créditos, tem a verdadeira Dona Hermínia cantando. a Dona Déa Lúcia, mãe do Paulo Gustavo e musa inspiradora da peça. Muito legal!
A Autora:
Chris Ferreira

Chris Ferreira

Eu, uma mãe integral mesmo trabalhando em horário comercial, que procura equilibrar os diferentes papéis da mulher com prioridades e alegria.

Acredito que podemos levar a vida a sério, mas de forma divertida e é isto que eu tento mostrar no blog.

Google +

7 comentários:

  1. Confesso que não curti o primeiro. Mas depois de você resenhar, fiquei curiosa e vou assistir esse também!

    ResponderExcluir
  2. Que bacana!!! Ainda nao assisti nem o primeiro, mas fiquei curiosa para assistir o 2 .. então no fés ja teremos filmes! rs

    ResponderExcluir
  3. Estou louca para assistir esse filme, amei o primeiro e adoro o Paulo Gustavo. Deve ser hilário mesmo.
    Beijos
    Adriana

    ResponderExcluir
  4. Já me diverti muito com
    O primeiro, imagina com esse. Achei o filme muito bom e vou assistir esse
    Sem
    Dúvida 😀

    ResponderExcluir
  5. Eu assisti só trechos do primeiro, e pela sua resenha fiquei curiosa para assistir os 2!!!

    ResponderExcluir
  6. Oi Chris, vc tem a capacidade de me convencer! Quero muito assistir!
    Esse lado de retratar coisas da vida real é bem legal, isso faz tudo ficar mais divertido. Bjus.

    ResponderExcluir
  7. Eu assisti o primeiro e morri de rir. Não quero perder o segundo!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Pin It button on image hover
▲ Topo