quarta-feira, 4 de maio de 2016

Parque Sitiê - Um exemplo de transformação


Muita gente faz a trilha do Morro Dois Irmãos, que é lindíssima e eu ainda farei o post da nossa aventura, mas simplesmente pega a kombi no pé do morro, sobe até a entrada da trilha, faz o passeio (que vale muito a pena), e desce novamente de condução.

Assim perdem a oportunidade de conhecer um pouco da vida da comunidade, andar pelas ruas, ver as diversas manifestações artísticas espalhadas na área e conhecer outros refúgios.

Isso acontece com o Parque Sitiê, uma área de lazer cheia de beleza, história e exemplo de que com vontade e criatividade podemos transformar cenários caóticos em lugares bem melhores e produtivos.





O Sitiê, um parque urbano de 8,500 m² em plena favela do Vidigal muito pouco conhecido dos cariocas, era um antigo lixão que foi totalmente reflorestado pela mobilização popular.

A descida é por uma escada de pneus, passamos pela porta de entrada e nos deparamos com uma vista deslumbrante.



Não dá nem para acreditar que há 10 anos ali se acumulava toneladas de lixo de todo o tipo. Que era um local desvalorizado e perigoso, pois trazia risco à saúde dos moradores, além de ser uma ameaça ao meio ambiente.



O cenário de degradação começou a mudar em 2006 quando Mauro Quintanilla, morador do Vidigal resolveu limpar o local e contou com a ajuda de Paulo Cesar de Almeida. Logo outros moradores locais se juntaram na causa. Modificaram não só o cenário, mas também a própria cultura, deixando de serem agentes destruidores e passando a protetores da floresta.


Além de retirarem o lixo e replantarem, lá eles fazem bastante reciclagem.


Eu me encantei com as mesas feitas do reaproveitamento das rodas de bicicletas.


Que também são utilizadas para fazer o muro que contorna os caminhos.


Uma decoração simples e supercriativa que dá um toque de charme todo especial ao jardim.


Vasos sanitários são transformados em vasos de plantas.



E os pneus são reaproveitados como canteiros, contenção da encosta.


E para as escadas. Lá é um sobe e desce danado. Mas a ideia do pneu como degrau é bem interessante. Dá até uma amortecida no impacto. Bem legal!


Caminhando entre a Mata Atlântica reflorestada chegamos até o Mirante Sitiê.


E a vista é maravilhosa. A cidade é maravilhosa, então não tem como a vida não ser maravilhosa. Essa é a sensação ao estar ali contemplando tudo isso.


Parque Ecológico Sitiê, esse projeto comunitário une reflorestamento, reciclagem e agricultura urbana também. Ele oferece uma horta para os moradores que também foi construída com reaproveitamentos.


Passeando pela horta encontramos muitas variedades. Tem até café. E aquele na quarta foto abaixo que parece mato é aipim. Eu nunca tinha visto pé de aipim, pode? 


As cores do Sitiê também deslumbram a vista juntamente com o visual das praias do Leblon, Ipanema e Copacabana que podemos contemplar de lá.





Um local que vale a pena conhecer, que é motivo de orgulho para a comunidade e exemplo de que com alguma vontade podemos fazer a diferença. Podemos fazer a transformação da sociedade em algo melhor.

Gostou? Quer saber mais mais sobre este projeto? Entre no site oficial do Parque Sitiê, curta a página no Facebook Parque e Instituto Sitiê e veja as fotos no Instagram @parque_instituto_sitie.

Para fazer os passeios pelas comunidades eu procuro sempre um guia local, morador da área e que conheça as histórias e nuances da região. Este passeio eu fiz com o guia Russo que foi supersolícito, dedicado e cheio de histórias. O contato do Russo pode ser visto na página no Facebook Guia Vidigal.
A Autora:
Chris Ferreira

Chris Ferreira

Eu, uma mãe integral mesmo trabalhando em horário comercial, que procura equilibrar os diferentes papéis da mulher com prioridades e alegria.

Acredito que podemos levar a vida a sério, mas de forma divertida e é isto que eu tento mostrar no blog.

Google +

5 comentários:

  1. Que lindo, e adorei conhecer a história linda deste lugar.

    Beijos

    Quézia Silva
    http://kemuelpresentededeus.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Belas imagens!


    Isabel Sá
    http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  3. Adorei, Chris! Você tem que chamar a gente pra descobrir esses lugares contigo!!! rsrsrs
    Beijos,
    Karla

    ResponderExcluir
  4. Puxa, Chris! Este chegou na hora certa aqui em casa. Estamos tentando mobilizar a vizinhança para dar um jeitinho numa área de praça pública que está meio largada e justo hoje fizemos uma reunião no local, para trocar ideias sobre o que fazer. Isso veio a calhar. Já estou até combinando uma ida ao Parque para conhecer e me inspirar. Valeu pela dica do Russo. Quero fazer uma visita menos "turistão". Beijos

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Pin It button on image hover
▲ Topo